Publicidade

Estado de Minas SÉRIE A

Para manter o embalo

Com 100% de aproveitamento no Brasileiro, Atlético encara o Botafogo fora de casa, mas sob a promessa de manter estilo de jogo agressivo para conquistar mais uma vitória


19/08/2020 04:00

Titular em todas as partidas da competição, o equatoriano Allan Franco diz que o Galo tem aliado bom futebol coletivo com atuações individuais de destaque (foto: BRUNO CANTINI/ATLÉTICO - 21/7/20)
Titular em todas as partidas da competição, o equatoriano Allan Franco diz que o Galo tem aliado bom futebol coletivo com atuações individuais de destaque (foto: BRUNO CANTINI/ATLÉTICO - 21/7/20)
Dentro ou fora de casa, o “novo Atlético”, comandado por Jorge Sampaoli, tem como pretensão dominar os adversários e ser efetivo o tempo todo no Campeonato Brasileiro. Único a conquistar três vitórias até agora, o Galo leva esse desafio no retorno ao Rio para encarar o Botafogo, hoje, às 21h30, no Engenhão. Há pouco mais de uma semana, mostrou ótimo cartão de visitas no triunfo por 1 a 0 sobre o Flamengo, atual campeão nacional.

Num torneio atípico, sem a presença de público, o Galo encontrará menos dificuldades nos confrontos como visitante na difícil caminhada em busca do título brasileiro. Nesse sentido, Sampaoli diz que cobrará postura agressiva de seus comandados, mesmo com os rivais tomando a iniciativa de propor o jogo em suas casas.

“Depende de nós. Temos de saber que é nossa responsabilidade. Com ou sem público, é nosso objetivo que (o time) ataque. Lamentavelmente, a situação, às vezes, gera uma antítese da (nossa) ideia. Temos de seguir sendo quem somos, em qualquer lugar, contra qualquer rival e da forma que seja o resultado”, afirma o treinador de 60 anos, que assumiu em março depois da saída do venezuelano Rafael Dudamel.

Para que o plano tenha êxito, o Galo precisará de extrema regularidade. Em três duelos, marcou cinco dos seis gols no segundo tempo. Na visão do volante equatoriano Alan Franco, as conversas do treinador no intervalo dos jogos têm sido um diferencial: “A equipe que inicia e joga os primeiros 45 minutos atua de uma maneira e, com a mudança no segundo tempo, com a renovação das linhas, aumenta o nível de intensidade. Estamos conseguindo ganhar os jogos dessa maneira. Num nível muito bom individualmente e mais ainda em grupo”.

Indicado pelo técnico, o ex-jogador do Independiente del Valle já atuou seis vezes como titular. “Há uma disputa interna muito boa. Todos querem jogar, estar à disposição, entre os 11 iniciais. Isso também está se refletindo nas partidas”. Além de Franco, outro escalado sem interrupção foi o zagueiro paraguaio Junior Alonso.

Ausências


O time continuará pelo menos até outubro sem o armador Nathan. O presidente Sérgio Sette Câmara afirmou ao canal no Youtube “Os tops da bola” que ele voltará a jogar provavelmente só dentro de dois meses. O atleta sofreu lesão muscular no bíceps femoral da coxa esquerda na vitória por 3 a 2 sobre o Corinthians.

O adversário

Pela primeira vitória


Em busca da primeira vitória no Brasileiro, o Botafogo aproveitará a sequência de partidas no Rio para tentar subir na classificação. Além do Atlético, vai enfrentar Flamengo (como visitante) e receberá Internacional e Coritiba. Na competição, a equipe empatou com o Bragantino por 1 a 1 e com o Fortaleza (sem gols). O Fogão ainda terá o jogo contra o Bahia, adiado na primeira rodada por causa da decisão do Campeonato Baiano. Diante do Galo, Autuori terá o desfalque do lateral-esquerdo Victor Luis, com crise de apendicite. Guilherme Santos ou Danilo Barcelos (ex-Atlético) disputam a vaga.

Botafogo
Gatito Fernández; Barrandeguy, Marcelo Benevenuto, Kanu e Guilherme Santos (Danilo Barcelos); Honda, Caio Alexandre, Luís Henrique, Bruno Nazário e Luiz Fernando; Matheus Babi (Pedro Raul)

Técnico: Paulo Autuori

Atlético
Rafael; Guga, Réver, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Alan Franco, Hyoran, Savarino e Keno; Marrony

Técnico: Jorge Sampaoli

4ª rodada do Campeonato Brasileiro

Estádio: Engenhão
Horário: 21h30
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Neuza Inês Back e Alex Ang Ribeiro (SP)
VAR: Márcio Henrique de Gois (SP)
TV: Globo e Pay-per-view

E mais...


Reforço na área


O novo camisa 9 já começou os treinos no Atlético. Eduardo Sasha assinou contrato por quatro anos e deverá ser regularizado hoje na CBF. O clube pagará R$ 9,8 milhões por 50% de seus direitos econômicos. O restante seguirá com o Santos. “A expectativa é das melhores, estou muito feliz e motivado com este novo desafio, para que a gente possa ter um excelente ano. Tenho certeza de que as coisas tendem a ser muito boas”, afirmou o atacante de 28 anos, que passou também por Goiás e Internacional.

Seis partidas


A rodada de hoje terá ainda mais seis jogos: Flamengo x Grêmio, às 19h15, no Maracanã; Bragantino x Fluminense, no mesmo horário, em Bragança Paulista; às 19h30, o Athletico recebe o Palmeiras na Arena da Baixada; Internacional x Atlético-GO e Goiás x Fortaleza serão às 20h30; e às 21h30, o Corinthians encara o Coritiba, no Itaquerão.


*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade