Publicidade

Estado de Minas ESPECIAL/O RETORNO DO FUTEBOL MINEIRO

Coelho aposta na força do grupo

Com pouquíssimas mudanças em relação ao time que jogava antes da parada do Estadual, o América chega forte para confirmar a liderança. Confira na última reportagem da série


25/07/2020 04:00

O presidente Marcus Salum conversou com os jogadores do América na tarde de ontem(foto: Daniel Hott/América)
O presidente Marcus Salum conversou com os jogadores do América na tarde de ontem (foto: Daniel Hott/América)

 
Diferentemente dos rivais Atlético e Cruzeiro, o América mudou pouco a cara do seu time titular durante a paralisação do futebol. Essa base é, justamente, um trunfo do técnico Lisca para tentar segurar a liderança até o fim da fase de classificação do Campeonato Mineiro e garantir vantagens nos mata-matas. Um bom resultado no clássico com o Atlético, amanhã, a partir das 16h, no Independência, em Belo Horizonte, será vital para o Coelho seguir em primeiro na tabela.

Apesar de já estar garantido na semifinal e de liderar de forma isolada, com 21 pontos, o América corre o risco de cair até duas posições nesta 10ª rodada, que marca a volta do futebol em Minas. Um revés no clássico, por exemplo, significaria a perda da ponta para o Atlético. O rival é o terceiro, com 18 pontos, mas chegaria a 21, se igualaria ao Coelho em vitórias (6) e ficaria à frente no saldo de gols (hoje, ambos têm 9 nesse critério de desempate).

Outro time que sonha com a liderança na rodada é o Tombense, que tem 20 pontos. O clube da Zona da Mata alcançará o seu objetivo se derrotar o Coimbra amanhã, a partir das 21h30, mas desde que o América perca ou empate.

Para evitar essa derrapada tão esperada pelos concorrentes, Lisca mexerá pouco no time base que está invicto na temporada, com sete vitórias e cinco empates. A única novidade na escalação deve ser o lateral-direito Leandro Silva no lugar de Diego Ferreira. O experiente jogador de 31 anos está recuperado de uma lesão na coxa direita e foi testado no jogo-treino que terminou com vitória de virada do Atlético por 3 a 2.
 
(foto: Daniel Hott/América)
(foto: Daniel Hott/América)

"Vai ser um grande jogo, vai dar para as duas comissões trabalharem bastante na parte estratégica e na parte técnica. É um jogo de xadrez"

Lisca, treinador alviverde

 
Dessa forma, o técnico americano deverá confirmar a formação com Airton; Leandro Silva, Eduardo Bauermann, Lucas Kal e Sávio; Zé Ricardo, Juninho e Alê; Felipe Augusto, Rodolfo e Ademir.

Um dos destaques do Coelho antes da parada, Ademir tem a receita para superar o Atlético amanhã: “Nós temos que impor nosso ritmo, o que o professor tem colocado desde o início do campeonato. A gente vem fazendo uma campanha muito boa, propondo o jogo, fazendo gols e criando muitas oportunidades. Nós precisamos aproveitar as oportunidades que tivermos para fazer os gols e continuar com o bom rendimento de antes da parada”, completou.

O técnico Lisca disse que o clássico será uma batalha estratégica: “Vai ser um grande jogo, vai dar para as duas comissões trabalharem bastante na parte estratégica e na parte técnica. É um jogo de xadrez”.

Ele não faz previsões e diz que o jogo-treino mostrou um pouco do que será a partida: “Prever é difícil. É um jogo de qualidade, jogo posicional muito forte do Atlético propõe. Nós temos uma ideia parecida de jogo, isso já apareceu no jogo-treino, com compactação alta, marcação por zona, pressão no adversário. Eles com algumas características, nós com outras. Deu para os dois times observarem bem e é um jogo que será bem interessante nessa questão”.

Segundo ele, o treino na Cidade do Galo “foi mais importante para a gente, porque nós conhecíamos pouco o que o Sampaoli vinha fazendo. Ele fez só um jogo, e muitos jogadores daquela partida contra o Villa Nova saíram”.

Um reforço

O América manteve a base do grupo durante o período sem jogos. O clube anunciou apenas a contratação do zagueiro Anderson, ex-Bahia, durante a pandemia do novo coronavírus. O planejamento inicial previa a chegada de mais dois ou três atletas condicionada a oportunidades de mercado.

Por outro lado, o Coelho fez valer o seu ‘DNA Formador’. O técnico Lisca conta com 13 jovens promovidos da base à sua disposição no elenco profissional: os atacantes Carlos Alberto, Vitão e Kawê; os laterais Lucas Luan, Thalys e Ronaldo; os zagueiros Luisão e João Cubas; os volantes Sabino e Renan Gomes; o goleiro Elzo; e os meias João Gabriel e Gustavinho.

Dessa lista, seis já entraram em ação pelo time principal do Coelho: os atacantes Carlos Alberto, Vitão, os laterais Lucas Luan e Ronaldo, o zagueiro João Cubas e o volante Sabino. Entretanto, apenas os três primeiros tiveram chances neste início de ano sob o comando de Lisca em partidas oficiais.

Apenas um jogador deixou o clube durante a pandemia. O meia Guilherme Borges, de 20 anos, acertou a rescisão amigável com o Coelho após retornar de empréstimo do Villa Nova.
 
O atacante Ademir estava se destacando no time americano antes da parada do campeonato(foto: João Zebral/América)
O atacante Ademir estava se destacando no time americano antes da parada do campeonato (foto: João Zebral/América)
 
Além de almejar o troféu do Mineiro'2020, o América quer entrar forte na Série B do Campeonato Brasileiro. O Coelho estreará diante da Ponte Preta, em 7 de agosto, às 19h15, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O clube é um dos fortes concorrentes ao acesso à elite do futebol nacional em 2021.

* Estagiária sob supervisão do editor Bruno Furtado

Mensagens no telão 

O América apresentou uma novidade para os fãs na retomada do futebol. Em tempos de pandemia, o clube levará mensagens dos torcedores para o telão do Independência. A ação, batizada de 'Torcedor Digital’, é uma iniciativa do programa de sócios-torcedores Onda Verde e será realizada pela primeira vez diante do Atlético, amanhã. As mensagens de apoio enviadas pelos torcedores serão mostradas no telão do estádio. Os sócios interessados poderão se inscrever até as 12h de hoje. Os sorteados serão comunicados pelo clube à tarde. A ação será dividida em duas etapas. Antes do jogo, as mensagens serão mostradas com imagem e som durante o aquecimento dos atletas. Já durante a partida, 15 sócios estarão conectados ao vivo no telão do Independência.
 
 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade