Publicidade

Estado de Minas

Galo agora tenta reforçar ataque


postado em 05/06/2020 04:00


Túlio Kaizer
 

Depois de fechar as contratações de Léo Sena e Alan Franco para o meio-campo, o Atlético tenta aumentar o poder de fogo no ataque. O alvinegro fez uma proposta pelo atacante Marrony, de 21 anos, que pertence ao Vasco.

A informação, publicada pelo Globoesporte.com, foi confirmada pelo Estado de Minas com fontes ligadas à negociação. O jogador é um pedido do técnico Jorge Sampaoli. O Galo já havia tentado trazer Marrony no começo do ano, mas não houve avanço na época.

A busca por jogadores de ataque se tornou prioridade no Atlético. Depois de afastar Ricardo Oliveira, Franco Di Santo, Edinho e Clayton, Sampaoli ficou com poucas peças ofensivas no elenco: Diego Tardelli, Bruno Silva e Savarino.
 
 
Marrony, jogador de 21 anos ligado ao Vasco, recebeu proposta para atuar pelo Atlético (foto: MAURO PIMENTEL/AFP %u2013 14/11/19)
Marrony, jogador de 21 anos ligado ao Vasco, recebeu proposta para atuar pelo Atlético (foto: MAURO PIMENTEL/AFP %u2013 14/11/19)
 
Na semana passada, Marrony concedeu entrevista para a Vasco TV e afirmou que a decisão da transferência fica para a diretoria da equipe carioca. “Estou aqui desde 2015, acho que já estou bem acostumado com tudo que acontece aqui. Por mim, eu fico o tempo que for preciso. Nunca escondi de ninguém o amor que tenho pelo Vasco. Que seja feita a vontade de Deus. Se for para ser, vai ser (sair). Se for para ficar, vou ficar no Vasco até quando o Vasco me quiser”, disse.

VERSATILIDADE 

Espécie de curinga no grupo do Atlético, Nathan deixou claro que está à disposição do técnico Jorge Sampaoli para atuar em qualquer posição. Ele disse que pode jogar até de centroavante se preciso for. “Trabalho forte no dia a dia. Na posição que ele quiser me colocar, eu vou dar o meu melhor. Seja de meia, de volante, de ponta ou até de centroavante. Vou dar o meu melhor e sempre representar bem esta camisa", frisou o jogador.

Jorge Sampaoli tem utilizado Nathan como volante e armador nos treinamentos. Mas até de centroavante ele atuou por alguns minutos no único jogo do argentino no comando do Atlético, na vitória por 3 a 1 sobre o Villa Nova, no dia 14 de março, no Castor Cifuentes. Nathan jogou avançado quando Sampaoli tirou de campo Di Franco e Ricardo Oliveira.

O alvinegro, porém, terá de tentar renovar o contrato de Nathan pela terceira vez em menos de um ano. Sampaoli já sinalizou que apoia a permanência do jogador de 24 anos.

Nathan chegou ao Atlético em julho de 2018. Em quase dois anos de clube, nunca conseguiu emendar muitas partidas como titular. Foram 44 jogos e cinco gols marcados.

Atleticanas

Sampaoli bancado

O presidente Sérgio Sette Câmara afirmou que parte do salário de Jorge Sampaoli é paga por conselheiros influentes, sem contrapartida financeira do clube. “É doação. É isso que eles estão fazendo. Assim como o terreno da Arena MRV foi do Rubens Menin e da família Menin para o Atlético. São sempre doações da pessoa física. Quando vem do BMG ou da MRV é em patrocínio, nada mais do que isso”, disse Sette Câmara. Os valores não foram revelados.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade