Publicidade

Estado de Minas FUTEBOL MINEIRO

Felipe Conceição projeta América forte

Técnico do Coelho considera que a base da equipe foi mantida, espera crescer durante a competição e chegar à fase final bem forte


postado em 20/01/2020 04:00

 

Com a chegada de novos jogadores, o treinador do Coelho espera evolução da equipe, que fez um excelente segundo semestre em 2019(foto: João Zebral /América)
Com a chegada de novos jogadores, o treinador do Coelho espera evolução da equipe, que fez um excelente segundo semestre em 2019 (foto: João Zebral /América)

Projeções e aspirações no futebol – ainda que permitidas – costumam ser arriscadas. Graças a fatores imponderáveis, o esporte mais popular do mundo tem o poder de arrasar previsões consideradas certeiras e premiar personagens improváveis.


Entretanto, o bom retrospecto de Felipe Conceição no comando do América permite que o treinador possa planejar, primeiramente, uma longevidade no clube e, também, uma boa temporada, começando por um bom Campeonato Mineiro.


Em entrevista ao Estado de Minas/Superesportes, o treinador do Coelho falou sobre o que o time pretende neste Estadual.


“Aspira crescimento, já que a gente trouxe peças novas, a continuação de um trabalho. Isso fortalece também o nosso ano. Espero fazer um grande Mineiro”, disse Felipe Conceição.
O América estreia no Campeonato Mineiro nesta quarta-feira, às 20h30, contra a Caldense, no Independência.

Preparação

 

O América fez três jogos-treinos em sua pré-temporada deste ano, e venceu as três partidas – contra o Serranense, de Nova Serrana (2 a 1); Athletic, de São João Del-Rei (2 a 0); e Democrata de Sete Lagoas (2 a 0).


As partidas serviram para que Felipe Conceição conhecesse melhor o elenco, bastante modificado se comparado com o grupo que terminou o ano passado.


Para o treinador, apesar das várias chegadas e saídas, a espinha dorsal da equipe foi mantida e o time deve evoluir durante o Campeonato Estadual.


“A base foi mantida, mesmo perdendo algumas peças. A gente espera crescer durante a competição e chegar à fase final bem forte”, projeta Conceição.

Permanência

Em julho de 2019, Felipe Conceição assumiu um derrotado América, que ocupava a lanterna da Série B. O treinador conseguiu não apenas a façanha de evitar a queda para a Terceira Divisão, mas colocou o time na briga pelo acesso à Série A até a última rodada do Brasileirão.


O bom desempenho despertou o interesse de outros clubes. Em novembro, quando Tiago Nunes deixou o Athletico rumo ao Corinthians, a imprensa do Paraná noticiou o interesse do Furacão no treinador do Coelho.


Apesar disso, Felipe segue no América. Seu contrato vai até o final de 2020 e o técnico espera cumpri-lo integralmente.


“Não penso em sair do América, gosto muito do América. Tem um projeto no América junto com o presidente e, se Deus quiser, a gente vai continuar juntos até o final do ano”, finalizou.

Trajetória

Felipe Conceição chegou ao Coelho em 2018 como auxiliar técnico e trabalhou ao lado de Ricardo Drubscky, Adilson Batista e Givanildo Oliveira.


Com a chegada de Maurício Barbieri ao Lanna Drumond, em maio, Felipe passou a ocupar a coordenação técnica, cargo que exerceu até maio deste ano, quando foi promovido a treinador, após a queda de Barbieri.


Publicidade