Publicidade

Estado de Minas EUROPA

Disputa quente na Espanha


postado em 05/01/2020 04:00

Luís Suárez foi um dos poucos a brilhar na atuação apagada do Barcelona diante do lanterna Espanyol(foto: PAU BARRENA/AFP)
Luís Suárez foi um dos poucos a brilhar na atuação apagada do Barcelona diante do lanterna Espanyol (foto: PAU BARRENA/AFP)

Diferentemente das últimas temporadas, os gigantes Barcelona e Real Madrid vêm travando briga acirrada pela liderança do Campeonato Espanhol. Com os resultados de ontem, os arquirrivais terminaram empatados em pontuação (40) no fim do turno, com vantagem no número de vitórias para o Barça. No duelo com o lanterna, Espanyol, o time de Ernesto Valverde ficou no empate por 2 a 2 e viu os merengues colarem na ponta, depois da goleada por 3 a 0 sobre o Getafe, fora de casa.

O Barcelona esteve em noite pouco inspirada no clássico local. Um dos poucos a se salvar foi o uruguaio Luís Suárez, que voltou a marcar e teve participação decisiva nos últimos 10 gols da equipe na competição – foram quatro bolas na rede e seis assistências. Bem marcado, Messi teve poucas conclusões ao gol adversário. David López e Wu Lei fizeram os gols do Espanyol, que não deixou a última posição, e o chileno Vidal marcou o outro do Barça. O goleiro mineiro Neto, natural de Araxá, foi o substituto de Ter Stegen, com lesão no tendão do joelho direito.

Apesar do placar elástico em Getafe, o Real Madrid teve muita dificuldade contra a equipe da casa, que surpreendentemente ocupa a sétima posição. Tanto que o goleiro Courtois foi eleito o melhor jogador da partida, principalmente pelas grandes defesas na etapa inicial. O time merengue chegou aos gols com Soria (contra), em falha bisonha, Varane e Modric.

Já o Atlético de Madrid confirmou o terceiro lugar graças à vitória sobre o Levante por 2 a 1, no Estádio Wanda Metropolitano. O zagueiro brasileiro Felipe marcou o gol que garantiu o triunfo, mas quem teve participação fundamental foi o goleiro Oblak, que defendeu de forma brilhante um cabeceio de Bardhi no último minuto. Antes de a bola rolar, o clube homenageou Filipe Luís, lateral-esquerdo do Flamengo e que fez 333 partidas pelos colchoneros. O jogador curte férias na Europa.

GOLEADA

No Campeonato Português, o Braga chamou a atenção pelo maior placar do fim de semana: 7 a 1 sobre o Belenenses, fora de casa. Ricardo Horta e Rui Fonte foram os destaques, com dois gols cada. Único campeão nacional com exceção de Porto, Benfica e Sporting – venceu em 1945-1946 –, o Belenenses atravessa grave crise financeira e aparece na 14ª posição, próximo à zona da degola. O Braga, por sua vez, ganhou cinco posições e chegou ao quinto lugar. O líder, Benfica, com 39 pontos, só entra em campo hoje, contra o Vitória de Guimarães, fora de casa.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade