Publicidade

Estado de Minas

Para tranquilizar de vez

Mais do que o reencontro com a vitória fora de casa, Atlético busca os 3 pontos hoje diante do Fluminense com a missão de praticamente se garantir na elite do próximo ano


postado em 16/11/2019 04:00

Recuperado de contusão na coxa direita, o volante Jair retorna ao meio-campo atleticano contra o tricolor carioca no Maracanã(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press %u2013 24/9/19)
Recuperado de contusão na coxa direita, o volante Jair retorna ao meio-campo atleticano contra o tricolor carioca no Maracanã (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press %u2013 24/9/19)

Sem vencer como visitante desde 14 de julho, o Atlético tenta pôr fim à sequência negativa na partida contra o Fluminense, hoje, às 19h, no Maracanã, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida desta noite pode representar também o alívio alvinegro em caso de vitória, já que a equipe praticamente cumprirá a missão de evitar o rebaixamento à Série B. De acordo com a comissão técnica, 43 pontos seriam suficientes para garantir o Galo na elite.

A estratégia de Vagner Mancini e do grupo de jogadores é se aproveitar da situação incômoda do Fluminense – que é 17º e luta desesperadamente contra a queda – para atuar com intensidade e inteligência na busca pelo fim do jejum. O último resultado positivo do Galo fora de Belo Horizonte ocorreu diante da Chapecoense (2 a 1), em Chapecó, com formação reserva. No início do Brasileiro, a equipe havia obtido vitórias importantes contra Vasco (2 a 1), Ceará (2 a 1), feitos que ajudaram os mineiros a chegar na ponta da classificação.

O lateral-esquerdo Fábio Santos entende que é possível explorar os pontos fracos do Flu para buscar os três pontos no Rio: “Na maioria dos jogos dentro de casa, os adversários conseguiram fazer o primeiro gol. E realmente nós acabamos nos desesperando por bons momentos, ficando desorganizados. Temos que tentar aproveitar. Sabemos que o Fluminense não vive grande momento e tem coisas a buscar. Temos que saber tirar proveito disso, usar o nervosismo da equipe adversária. Quem sabe, sair na frente no placar. O torcedor deles vai apoiá-los muito. Tomara que possamos fazer grande jogo e voltemos mais tranquilos”.

NOVIDADES
A formação que encara os cariocas contará com duas novidades importantes. Uma delas é o retorno do volante Jair, que ficou em tratamento de lesão muscular na coxa direita por mais de um mês. Justamente quando ele esteve em campo, o Galo conseguiu sua melhor sequência na temporada, ficando oito jogos invicto pelo Brasileiro e pela Copa Sul-Americana (sete vitórias e um empate).

Jair teve duas lesões em sequência. A segunda foi na partida contra o Colón, em 26 de setembro, pelas semifinais da Copa Sul-Americana. O jogador admite que acelerou a recuperação do primeiro problema muscular para estar em campo pela competição internacional. “Não estava sentindo dor naquele momento, mas deveria ter ficado uma semana a mais. Optei por ajudar meus companheiros, ajudar o Rodrigo Santana (treinador da época). Sabia do risco que tinha de me machucar de novo. Agora, fiquei sete semanas em recuperação, o que me possibilitou trabalhar mais na fisioterapia”.

Quem também ganha oportunidade de começar a partida é o prata da casa Marquinhos, que marcou um dos gols da vitória sobre o Goiás por 2 a 0, na semana passada, no Mineirão. Ele estava cotado para iniciar o clássico com o Cruzeiro, mas começou no banco por ter sofrido edema muscular na coxa direita – apesar disso, jogou 30 minutos no segundo tempo.


No banco, Victor volta

O goleiro Victor volta a ser relacionado depois de quatro meses tratando tendinite no joelho esquerdo. Ele não atua desde 17 de julho, quando o alvinegro venceu o clássico contra o Cruzeiro por 2 a 0, na partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil. Apesar do resultado, acabou eliminado do mata-mata por ter perdido a ida, no Mineirão, por 3 a 0. Por outro lado, o paraguaio Ramón Martínez e o venezuelano Otero desfalcam o Galo por estarem servindo a suas seleções em amistosos na data-Fifa. O lateral-direito Guga também foi liberado para defender a Seleção Brasileira Sub-23 no amistoso contra os Estados Unidos.



O adversário

Duas mudanças

Marcos Felipe será o titular do gol do Fluminense diante do Atlético. O goleiro substitui Muriel, que passou por cirurgia para corrigir fratura na mão esquerda, sofrida no domingo, na derrota para o Internacional. A outra opção era o experiente Agenor. Outra novidade é a volta ao meio-campo de Paulo Henrique Ganso, recuperado de problemas físicos. Na lateral esquerda, Orinho fica com a vaga de Caio Henrique, que está com a Seleção Brasileira Sub-23.


Fluminense
Marcos Felipe; Gilberto, Nino, Digão e Orinho; Yuri, Allan, Daniel e Paulo Henrique Ganso; González e Marcos Paulo
Técnico: Marcão

Atlético
Cleiton; Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Zé Welison, Jair, Luan, Cazares e Marquinhos; Di Santo
Técnico: Vagner Mancini

33ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Maracanã
Horário: 19h
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves e Lucio Beiersdorf Flor (RS)
VAR: Daniel Nobre Bins (RS)
Atleticanos pendurados: Igor Rabello, Réver, Jair, Zé Welison, Leonardo Silva, Hernández, Di Santo e Vinícius
TV: Sportv


Publicidade