Publicidade

Estado de Minas SéRIE B

Coelho vence e segue rumo ao G-4

América bate o Sport na Ilha do Retiro com autoridade, chega ao 10º lugar e torce por empate entre Coritiba e CRB e tropeço do Paraná para se manter a três pontos do quarto colocado


postado em 21/09/2019 04:00

Substituto de Paulão na zaga, Pedrão (44) mostrou oportunismo de centroavante e abriu o placar para o América na Ilha do Retiro(foto: PAULO PAIVA/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO)
Substituto de Paulão na zaga, Pedrão (44) mostrou oportunismo de centroavante e abriu o placar para o América na Ilha do Retiro (foto: PAULO PAIVA/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO)
 

 

O América entrou de vez na briga pelo acesso à elite nacional. Ontem, o Coelho se impôs sobre o Sport na Ilha do Retiro, venceu por 2 a 0 e ampliou sua série invicta na competição para 11 jogos – sete vitórias e quatro empates –, um recorde nesta edição da Série B. Com o triunfo nesta 23ª rodada, o time chegou à 10ª posição, com 32 pontos e ficou a apenas três do G-4, zona de classificação à Série A. Os gols foram do zagueiro Pedrão e do lateral-direito Leandro Silva.
Ao ampliar sua fase positiva na competição, o América ainda encerrou a invencibilidade do Sport jogando na Ilha do Retiro nesta Série B. O time pernambucano ainda vinha de sete jogos consecutivos sem perder no Brasileiro, com quatro vitórias e três empates.


O zagueiro Pedrão está confiante: “O primeiro passo era sair da zona (de rebaixamento). O segundo era nos manter ali no meio da tabela, e agora a gente já está podendo sonhar com o G-4. Então, se deixar, a gente vai chegar lá sim e vamos colocar o América de onde ele não deveria ter saído”.
Para se manter a três pontos do quarto colocado, o América torce hoje por empate entre Coritiba (34) e CRB (33) e tropeço do Paraná (33), que enfrenta o lanterna Guarani (22), em Campinas.

O jogo

O primeiro tempo foi marcado por muitos erros de passe para ambos os lados. Mesmo com pouca posse de bola, foi o América quem teve as melhores oportunidades da primeira etapa. Além de oferecer mais perigo ao adversário, a defesa americana foi um fator fundamental, segurando o Sport.
A primeira boa chance do jogo foi do Coelho. Aos 13min, o volante Juninho recebeu dentro da área do Sport, driblou o zagueiro, mas, chutou fraco.


Aos 37min, Leandro Silva perdeu a posse de bola na linha de fundo para Sander. O lateral entrou na área e fez o cruzamento, cortado pela zaga americana. A bola acabou sobrando para o próprio Sander, que isolou.


Em cobrança de falta da entrada da área, já nos acréscimos, o atacante Júnior Viçosa assustou Mailson.


Logo no primeiro minuto do segundo tempo, o atacante Guilherme foi lançado pela esquerda, driblou o zagueiro Pedrão, mas o goleiro Airton fez boa defesa.


No lance seguinte, aos 3min, o América teve uma falta para cobrar. Após levantamento na área, o volante Flávio desviou a bola, que bateu na trave. Na sequência, Pedrão empurrou para a rede e abriu o placar na Ilha do Retiro.


Aos 13min o Coelho ampliou. Sávio cobrou escanteio pela direita e Leandro Silva desviou de cabeça no primeiro pau: 2 a 0.


Na etapa final, o goleiro Airton trabalhou mais vezes. Aos 29min, o arqueiro fez boa sequência de defesas, impedindo o Sport de diminuir o marcador. No final, o América segurou a pressão e manteve sua série invicta na Série B.

* Estagiário sob supervisão do editor Álvaro Duarte


Publicidade