Publicidade

Estado de Minas

Brasil fica abaixo do esperado


postado em 29/07/2019 04:07

Húngara Hosszu faturou o quinto título mundial dos 400m medley(foto: OLI SCARFF/AFP)
Húngara Hosszu faturou o quinto título mundial dos 400m medley (foto: OLI SCARFF/AFP)
 
 
Com resultado inferior à edição de 2017, o Brasil fechou o Mundial de Esportes Aquáticos de Gwangju, da Coreia do Sul, levando sete medalhas e a nona posição no quadro. Foram duas de ouro, três de prata e duas de bronze. Os números ficaram abaixo dos de Budapeste, há dois anos, com um pódio a menos.

Na última prova com participação de brasileiros, nos 4x100m medley, veio apenas o sexto lugar. A China garantiu a liderança no ranking de medalhas, (30, 16 de ouro) com um primeiro lugar a mais que os Estados Unidos, em segundo (36). A Rússia fechou em terceiro, com 30 medalhas (12 de ouro).

Pelo Brasil, Ana Marcela foi ouro nos cinco e nos 25 quilômetros da maratona aquática, enquanto Nicholas Santos levou o bronze nos 50 metros borboleta. Etiene Medeiros faturou a prata nos 50m costas, Felipe Lima e João Gomes conquistaram prata e bronze, respectivamente, no 50m peito, e Bruno Fratus conquistou a prata nos 50m livre, no sábado.

Depois de se tornar a primeira mulher tetracampeã mundial ao conquistar a quarta medalha de ouro seguida da prova dos 200m medley na segunda-feira, a húngara Katinka Hosszu, conhecida como “Dama de Ferro” das águas, conseguiu mais um feito expressivo: faturou ontem o quinto título mundial na prova dos 400m medley.

Hosszu concluiu a prova dos quatro estilos em 4min30s39, superando a chinesa Ye Shiwen, que nadou em 4min32s07 e foi a campeã olímpica da prova em 2012, em Londres, e a japonesa Yui Ohashi, que anotou o tempo de 4min32s33, e é atual campeã do Pan-Pacífico. Depois de um início disputado, a húngara desgarrou das rivais no nado peito e bateu na frente.

Dos cinco títulos mundiais da Dama de Ferro nos 400m medley, quatro foram conquistados de forma consecutiva. Foi o segundo ouro de Hosszu neste Mundial e a 15ª medalha da nadadora húngara em competições deste nível. No total, são nove ouros, uma prata e cinco bronzes.



Publicidade