Publicidade

Estado de Minas

Difícil missão no Sul


postado em 20/07/2019 04:13



A missão é das mais complicadas, mas as jogadoras do América podem fazer história hoje, em Gravataí (RS). Elas precisam de vitória a partir de dois gols de diferença sobre o Grêmio, às 15h, no Estádio Vieirão, pela partida de volta das quartas de final do Campeonato Brasileiro A-2, para garantir vaga na elite nacional – os quatro semifinalistas têm acesso assegurado. Na ida, em Belo Horizonte, o Coelho foi derrotado por 2 a 1. Por isso, em caso de triunfo por apenas um gol de vantagem, a disputa será nos pênaltis.

Vencer como visitante não é novidade para o Coelho na competição. Nas oitavas de final, o time comandado por Katheleen Azevedo confirmou a classificação ao bater o Bahia Lusaca por 2 a 0, em Salvador, gols de Gabriela (contra) e Dilene – antes, havia batido Botafogo (4 a 1) e Duque de Caxias (4 a 3), pela fase inicial, também fora de casa.

A derrota diante do Grêmio no Sesc Venda Nova, não tirou a esperança das americanas, principalmente pela boa campanha nesta edição do Brasileiro. É o que garante a artilheira do time, Dilene, que reassume vaga na linha de frente da equipe após cumprir suspensão automática.“Minha expectativa é muito grande, foi péssimo ficar fora da partida de ida. Estou muito focada e confiante para ajudar a equipe. Trabalhei muito forte durante a semana e vamos correr atrás do placar de que precisamos para classificar e subir”, comenta a atacante de 25 anos, que tem cinco gols no campeonato está no Coelho desde 2016.

A jogadora acredita na reação do time americano: “A primeira partida foi difícil, mas também foi muito equilibrada, o Grêmio venceu nos detalhes. Nossa equipe tem que entrar muito concentrada para cometer o mínimo de erros e buscar o gol desde o primeiro minuto”.

É a primeira vez que o América disputa o mata-mata do Brasileiro A-2. Em 2017 e 2018, quando ainda estava montando o grupo, caiu na primeira fase.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade