Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Rodriguinho no estaleiro


postado em 10/07/2019 04:08

Armador celeste passará por cirurgia na região lombar e só deve voltar a jogar em setembro(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press - 21/5/19)
Armador celeste passará por cirurgia na região lombar e só deve voltar a jogar em setembro (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press - 21/5/19)


Não bastassem os problemas financeiros e a queda de rendimento da equipe, a comissão técnica do Cruzeiro terá de administrar a ausência do armador Rodriguinho, um dos destaques no primeiro semestre. O jogador será submetido na sexta-feira a cirurgia na região lombar, para corrigir problema que o tem impedido de jogar tudo que sabe. Não há prazo para a recuperação, mas a expectativa é que ele volte aos gramados na segunda quinzena de setembro.

“O Rodriguinho vem apresentando quadro de lombalgia rebelde a tratamento conservador. Com os exames, detectamos que ele desenvolveu protusão discal aguda e todas as medidas de tratamento conservador possíveis foram realizadas, inclusive tratamentos locais, através de bloqueio. Infelizmente, essa linha não surtiu o efeito que a gente queria, com o atleta ainda com sintomas, algo que vem prejudicando seu rendimento. Diante disso, pedimos a avaliação de um especialista, (o médico) Cristiano Menezes, que é de confiança do nosso departamento, e ele achou que, neste momento, a melhor conduta é o tratamento cirúrgico”, afirmou Sérgio Campolina, chefe do departamento médico celeste.

Contratado em janeiro, o atleta, de 31 anos, fez 20 jogos e marcou oito gols com a camisa azul, sendo o vice-artilheiro, atrás apenas de Fred, que fez o dobro. Porém, caiu de rendimento e levou junto o time nas últimas partidas do primeiro semestre, sendo que em muitas ficou fora – atuou em seis dos últimos 12 compromissos.

Com a cirurgia, o camisa 23 vai ficar fora de decisões que a Raposa terá pela frente, a começar os clássicos pelo Atlético, pelas quartas de final da Copa do Brasil, e os confrontos com o River Plate-ARG pelas oitavas de final da Copa Libertadores, ambos os duelos neste mês. Se o Cruzeiro avançar, também deverá ficar fora dos próximos mata-matas. E desfalcará a Raposa em ao menos nove rodadas do Campeonato Brasileiro.

LAMENTO Além da comissão técnica e torcedores, os companheiros lamentaram a ausência momentânea de Rodriguinho. “Uma tristeza muito grande, um baque para todo mundo, porque desde o começo do ano está todo mundo ansioso, eu louco para jogar com ele, para a gente ter uma sequência de jogos juntos, e agora acontece isso. Essas coisas que fazem parte, mas confesso que acho que todo mundo está muito sentido por ele”, afirmou o também armador Thiago Neves.

Sem Rodriguinho, o técnico Mano Menezes não parece ter dúvidas sobre o time que mandará a campo. Lucas Romero será improvisado na lateral direita e Ariel Cabral deve seguir como titular no meio-campo.


Publicidade