Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Equador sem frescura

Equatorianos fazem treinos abertos, atendem à imprensa descontraidamente e até almoçam em churrascaria. Mas, agora, deverão entrar no esquema da Conmebol


postado em 13/06/2019 04:09

Depois de almoçar em churrascaria, delegação equatoriana treinou novamente no Sesc Venda Nova. O técnico Hernán %u201CBolillo%u201D Goméz (E) deu coletiva pelo segundo dia seguido, o que não é muito comum. E Enner Valencia atendeu a um batalhão de jornalistas que cobriam o treino(foto: Fotos: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
Depois de almoçar em churrascaria, delegação equatoriana treinou novamente no Sesc Venda Nova. O técnico Hernán %u201CBolillo%u201D Goméz (E) deu coletiva pelo segundo dia seguido, o que não é muito comum. E Enner Valencia atendeu a um batalhão de jornalistas que cobriam o treino (foto: Fotos: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
  

A Seleção Equatoriana pode até não estar entre as favoritas para ganhar a Copa América, que começa amanhã, mas certamente é uma das que menos tem protocolos. Sem superestrelas internacionais, à exceção de Antônio Valencia (deixou o Manchester United no fim desta temporada), a equipe comandada pelo colombiano Hernán “Bolillo” Goméz tem se mostrado descontraída, chegando a ser informal em alguns momentos.

Se na chegada a Belo Horizonte, na terça-feira, a imprensa teve acesso aos atletas e também pôde acompanhar o treino realizado no Sesc Venda Nova, ontem, inovaram ao deixar o hotel e ir almoçar em uma churrascaria. O treino foi novamente aberto e o treinador concedeu entrevista pelo segundo dia seguido.

Isso não significa que eles não estejam levando a competição a sério. Ao contrário, almejam nada menos que o título, ainda que saibam que a tarefa não é fácil – a equipe está no Grupo C, com o Uruguai, um dos favoritos, Japão e Chile, atual bicampeã.

“Nossa equipe tem excelentes jogadores estamos armando-a para chegar o mais longe possível”, diz Bolillo, para quem o título não está tão longe a ponto de ser impossível. “Alguns de nossos atletas já fizeram história ao classificar nosso país para um Mundial (do Brasil, em 2014), nossos garotos foram bem no Mundial Sub-20 (caíram na semifinal na Polônia, esta semana). Podemos nos sair bem novamente.”

Quem também fala em conquistar títulos é o atacante Enner Valencia. “Temos mesmo de almejar coisas grandes. Se viemos para cá é para pensar em brigar pelo título”, declara o jogador do Tigres-MEX, onde tem como companheiro um conhecido da torcida mineira, o volante Rafael Carioca, ex-Atlético.

A informalidade dos equatorianos deverá diminuir a partir de hoje. É que até agora eles estavam, de certa forma, por conta própria e agora entram no esquema da Confederação Sul-Americana de Futebol.

Segundo Bolillo, foi por esse motivo que ele resolveu falar novamente com a imprensa ontem. A diferença do primeiro dia é que os jornalistas foram divididos em dois grupos: primeiro, atendeu apenas o compatriotas; depois, foi a vez de brasileiros e de outras nacionalidades presentes.

A entrevista coletiva do jogador foi bem mais tumultuada que a do comandante. Ele, porém, não perdeu o bom humor, assim como o treinador, que chegou a brincar com alguns repórteres.

O meio-campista Orejuela não teve constatada lesão grave depois de se submeter a exame na capital mineira. Porém, com edema na coxa esquerda, não participou do treino tático em campo reduzido de ontem e é dúvida para o jogo de domingo.

DESEMBARQUE Hoje, chega a Belo Horizonte o adversário do Equador na estreia da Copa América, o Uruguai. Com astros como o zagueiro Godín, o armador De Arrascaeta e os atacantes Cavani e Suárez, eles embarcam às 9h30 em Montevidéu e à tarde têm treino previsto para a Cidade do Galo.


Publicidade