Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas

Dois jogos e adeus


postado em 11/06/2019 04:08

O zagueiro uruguaio Martín Rea abre pacote de saídas(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press - 25/2/19)
O zagueiro uruguaio Martín Rea abre pacote de saídas (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press - 25/2/19)


Antes mesmo da pausa para a Copa América, o Atlético começou a reformulação no grupo. O primeiro a deixar a Cidade do Galo foi o zagueiro uruguaio Martín Rea, de 21 anos, que jogou apenas duas vezes com a camisa alvinegra, ambas com formação reserva. A expectativa é de que outros jogadores também busquem novo destino neste e no próximo mês.

Com fama de zagueiro duro no futebol uruguaio, Rea chegou ao alvinegro em agosto do ano passado, gratuitamente, indicado pelo ex-diretor de futebol Alexandre Gallo. Mas na maioria dos jogos ele não teve espaço, se tornando a sétima opção do elenco para a zaga – atrás de Réver, Igor Rabello, Leonardo Silva, Maidana, Matheus Mancini e Matheus Stokl.

Além de Rea, o Atlético deve liberar também o atacante Leandrinho, outro que não teve espaço. Emprestado pelo Napoli, ele jogou pela última vez na vitória sobre o Tupynambás por 2 a 1, pela primeira fase do Campeonato Mineiro, em 20 de março. De lá para cá, tem sido preterido das viagens e até mesmo das atividades diárias com os principais atletas.

O também atacante Papagaio, de 19 anos, é outro que deve deixar o clube, já que tem propostas de Sport e Chapecoense. O jogador fez apenas dois jogos e demonstrou irritação ao não entrar na goleada sobre o CSA (4 a 0), quando Alerrandro foi o titular. Uma das maiores revelações do Palmeiras nos últimos anos, o jogador foi emprestado até dezembro.


Publicidade