Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Capital recebe a primeira seleção


postado em 11/06/2019 04:08

Convocado na vaga de Neymar, Willian treina no Pacaembu: estreia brasileira será na sexta, contra a Bolívia(foto: MIGUEL SCHINCARIOL/AFP)
Convocado na vaga de Neymar, Willian treina no Pacaembu: estreia brasileira será na sexta, contra a Bolívia (foto: MIGUEL SCHINCARIOL/AFP)


Belo Horizonte começa a viver a partir de hoje o clima da Copa América com o desembarque da Seleção Equatoriana na capital mineira, previsto para as 11h30, no aeroporto de Confins. O time de Hernán Dario Gómez se hospedará num hotel na Região Centro-Sul e começará amanhã sua preparação para encarar o Uruguai, domingo, às 19h, no Mineirão, pelo Grupo C, que ainda conta com Japão e Chile.

O Equador chega à competição sob desconfiança, depois de perder amistoso por 3 a 2 diante do México, em Dallas. Após liderar as primeiras rodadas das últimas Eliminatórias Sul-Americanas, a seleção ficou fora da Copa do Mundo da Rússia e faz agora trabalho de reestruturação. A expectativa é de que os jogadores comecem os treinos em BH a partir de amanhã, na Toca da Raposa II.

Quem já está no Brasil é a Argentina, que chegou a Salvador na noite de domingo, com muita festa para o craque Messi, alvo de fotografias e autógrafos. A estreia da alviceleste será sábado, às 19h, diante da Colômbia, na Fonte Nova, pelo Grupo B. A atividade de ontem dos argentinos, no Barradão, foi fechada à imprensa. Uma das favoritas ao título, a equipe dirigida por Lionel Scaloni jogará no Mineirão, diante do Paraguai, quarta-feira que vem, e fecha a fase inicial diante do Catar, dia 23, em Porto Alegre.

TREINO EM SÃO PAULO A Seleção Brasileira já vive o clima de abertura da Copa América. Ontem, a equipe fez o primeiro treino em São Paulo, onde encara a Bolívia, sexta-feira, às 21h30, no Morumbi, na estreia na competição. A preocupação do técnico Tite passa a ser o volante Arthur, que deixou o amistoso contra Honduras (7 a 0) no primeiro tempo ao levar pancada no joelho direito. O meio-campo passou por exame de ressonância magnética ontem e sua presença diante dos bolivianos passa a ser incerta.

O Brasil já tinha vivido o drama do corte do atacante Neymar, com ruptura no ligamento do tornozelo direito. O camisa 10 do Paris Saint-Germain foi substituído por Willian, do Chelsea, que já treina com o grupo. Caso Arthur não esteja apto para jogar o torneio, a CBF tem até quinta-feira à noite para inscrever outro atleta.
 
 


Publicidade