Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas

França é decepção. Itália brilha


postado em 09/06/2019 04:10

Em casa, a Turquia bateu a Seleção Francesa por 2 a 0, assumindo o primeiro lugar de seu grupo(foto: BULENT KILIC/AFP)
Em casa, a Turquia bateu a Seleção Francesa por 2 a 0, assumindo o primeiro lugar de seu grupo (foto: BULENT KILIC/AFP)
 
 
A França, campeã do mundo, perdeu para a Turquia fora de casa ontem, enquanto que a Itália não deu chances à Grécia, e a Alemanha fez sua parte em sua visita à Bielorrússia nas partidas das Eliminatórias para a Eurocopa’2020.

Em Konya, com grande apoio da torcida, a Turquia fez a diferença em apenas 10 minutos, com os gols de Kaan Ayhan (30min) e Cenzig Ünder (40min). Com o resultado, os turcos são os primeiros do Grupo H, com 9 pontos, à frente da França (6). Os campeões mundiais, que entraram em campo com nove dos 11 jogadores que venceram a final na Copa da Rússia de 2018, estão empatados com a Islândia, que derrotou a Albânia por 1 a 0. Os Bleus voltam a campo pela competição na terça-feira, para enfrentar a modesta seleção de Andorra, que ainda não pontuou.

Já a Itália, que não conseguiu se classificar para a última Copa do Mundo, venceu a Grécia com autoridade marcando todos os três gols da vitória no primeiro tempo, também em um espaço de 10 minutos. Nicolo Barella (23min), Lorenzo Insigne (30) e Leonardo Bonucci (33) foram os atletas que fizeram com que a ‘Squadra Azzura’ mantivesse a liderança do Grupo J, com 9 pontos, três a mais que a Finlândia, que venceu a Bósnia por 2 a 0.

Também ontem, a Alemanha venceu por 2 a 0 a Bielorrússia, sua segunda vitória em outras tantas partidas da fase de classificação para a Eurocopa’2020, graças aos gols de Leroy Sané e Marco Reus. Com 6 pontos, a tetracampeã do mundo ocupa a segunda posição de seu Grupo C, atrás da Irlanda do Norte, que tem 9, mas com um jogo a mais.

A Bélgica não teve dificuldades para vencer em casa, no Estádio Rei Balduino de Bruxelas, o Cazaquistão (3 a 0), o que garantiu a manutenção de sua liderança do Grupo I, com 9 pontos, três a mais que a Rússia, que aplicou uma humilhante goleada de 9 a 0 sobre San Marino.


Publicidade