Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Raptors contra dinastia Warriors


postado em 30/05/2019 04:07

Os canadenses venceram os dois confrontos contra os californianos na temporada regular(foto: Ezra Shaw/Getty Images/AFP - 12/12/18)
Os canadenses venceram os dois confrontos contra os californianos na temporada regular (foto: Ezra Shaw/Getty Images/AFP - 12/12/18)


A temporada 2018/2019 do melhor basquete do mundo chegou ao último capítulo. Começa hoje, às 22h (de Brasília), a final da NBA entre Toronto Raptors e Golden State Warriors. O confronto, decidido em melhor de sete jogos, mostra uma clara diferença entre as duas franquias. O Toronto Raptors, fundado em 1995, chega pela primeira vez à final da NBA. Campeão da Conferência Leste, ao vencer a série contra o Milwaukee Bucks por 4 a 2, a equipe é liderada pelo ala Kawhi Leonard. Com média de 31 pontos por partida nos playoffs, o jogador se mostrou decisivo nos mata-matas da liga norte-americana e é considerado o maior responsável pelo feito dos canadenses.

Já o Golden State Warriors busca consolidar de vez sua dinastia. A franquia possui seis títulos, sendo que três deles foram conquistados nos últimos quatro anos (2015, 2017 e 2018). A equipe não teve muitas dificuldades nos mata-matas e, na final da Conferência Oeste, “varreu” o Portland Trail Blazers com um categórico 4 a 0 na série, mesmo com os desfalques por lesão do ala Kevin Durant (estiramento na panturrilha direita) e do pivô DeMarcus Cousins (ruptura do quadríceps da perna esquerda).

Os dois jogadores vivem a expectativa de poderem atuar nas finais, principalmente a partir do segundo jogo. Outro “trunfo” do Toronto é o fato de jogar uma eventual sétima e decisiva partida em casa, na Scotiabank Arena. Isso se dá pelo fato de a equipe ter realizado uma campanha melhor do que a do Golden State na temporada regular – os canadenses venceram 58 duelos e perderam 24, enquanto os californianos ganharam um a menos.

Nesta temporada, as equipes se enfrentaram duas vezes na fase regular. O Raptors venceu os dois jogos: por 131 a 128, em Toronto, e por 113 a 93, na Oracle Arena, em Oakland.

“Falastrão” O rapper canadense Drake é um dos torcedores ilustres do Toronto Raptors e, principalmente nesta temporada, ficou conhecido por incomodar bastante os adversários com gestos e gritos na beira da quadra. O técnico do Milwaukee Bucks, Mike Budenholzer, chegou a se queixar das ações do cantor durante as partidas, mas não foi o suficiente. Agora, há uma expectativa de como o “falastrão” vai se portar diante dos multicampeões do Golden State Warriors, como Stephen Curry, Klay Thompson, Kevin Durant e Draymond Green.


PROGRAME-SE
Raptors x Warriors
(TV: Band e ESPN)
Jogo 1
Hoje, às 22h, em Toronto

Jogo 2
Domingo, às 21h, em Toronto

Jogo 3
Quarta-feira, às 22h, em Oakland

Jogo 4
7/6, às 22h, em Oakland

Jogo 5*
10/6, às 22h, em Toronto

Jogo 6*
13/6, às 22h, em Oakland

Jogo 7*
16/6, às 21h, em Toronto

 
* Se necessário


Publicidade