Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Botando banca no terreiro dos outros

Depois de bater Vasco e Ceará fora de BH, Atlético vai a Porto Alegre enfrentar um Grêmio em má fase e precisando dar a volta por cima. Jogo marca o reencontro de Tardelli com o ex-time


postado em 25/05/2019 04:09

O Atlético fez o último treino antes de enfrentar o Grêmio no CT do Internacional, em Porto Alegre. Cazares (E) voltará ao time hoje(foto: Bruno Cantini/Atlético)
O Atlético fez o último treino antes de enfrentar o Grêmio no CT do Internacional, em Porto Alegre. Cazares (E) voltará ao time hoje (foto: Bruno Cantini/Atlético)


Diferentemente das últimas temporadas, o torcedor do Atlético está vendo uma equipe mais regular, que se beneficiou dos erros dos adversários e obteve duas vitórias fora de casa no mesmo número de jogos neste Campeonato Brasileiro. Se o maior problema alvinegro nos anos anteriores foi justamente o aproveitamento longe de BH, o Galo desta vez tem começo animador: busca a terceira vitória consecutiva fora dos seus domínios diante do Grêmio hoje, às 19h, em Porto Alegre, pela sexta rodada. O cenário é propício para mais uma boa vitória, já que os gaúchos não estão bem na competição e ainda não venceram nesta Série A.

O baixo rendimento atleticano na casa do adversário nas edições recentes do Brasileiro tem sido uma das maiores críticas do torcedor. Nas vezes em que foi vice-campeão nacional (2012 e 2015), por exemplo, a equipe despencou da ponta justamente por não ter fora de Minas a mesma força dos jogos em Belo Horizonte. Neste ano, porém, esse aspecto se inverteu: O Galo venceu Vasco e Ceará por 2 a 1, fora, e perdeu em casa, diante do Palmeiras (2 a 0), no Mineirão.

“Temos que aproveitar esse bom momento que vivemos, principalmente fora de casa, aproveitar essas duas vitórias que tivemos. Vamos procurar fazer grande jogo. O Grêmio vem com muitos desfalques, num momento de turbulência. Mas o Renato conhece bem os seus jogadores, vários deles experientes, que sabem passar por momentos complicados. Temos que aproveitar essa fase positiva para conseguir somar pontos, que sabemos que é importante. A vitória seria de grande feito para nosso time no campeonato”, avalia o lateral-esquerdo Fábio Santos, que será novamente titular depois de ficar em tratamento por uma semana por cauda de desgaste muscular na coxa esquerda.

Além do camisa 6, o Atlético contará com a volta de outros titulares que não participaram da derrota para o Unión La Calera por 1 a 0, na estreia na Copa Sul-Americana: o goleiro Victor, o volante Zé Welison, o armador Cazares e os atacantes Luan e Ricardo Oliveira. Outro que fica à disposição é o armador Geuvânio, recuperado de pisão no pé direito. O lateral-direito Guga (poupado) e o volante Elias (suspenso) ficam fora.
 
O técnico Rodrigo Santana entende que o Atlético deve saber entender bem a proposta do adversário para criar chances no ataque: “O Grêmio vem de dois jogos fora e é forte em seu estádio. Independentemente da situação que vivem, eles vão querer vencer. E precisamos estar atentos. Nossa intenção é manter a posição no topo da tabela. Precisamos ter tranquilidade para, no momento certo, concluir as chances no gol. Precisamos estar preparados para essa pressão que o adversário pode exercer”.

REENCONTRO O duelo desta noite terá uma atração à parte. O Galo reencontra pela primeira vez o atacante Diego Tardelli, campeão dos três últimos títulos de expressão conquistados pelo clube mineiro (Copa Libertadores’2013, Recopa Sul-americana’2014 e Copa do Brasil’2014) e ídolo da torcida na era recente. Depois de deixar o Shadong Luneng-CHI, equipe pela qual jogou desde 2015, o jogador abriu mão do Atlético e fechou contrato com o Grêmio para realizar o desejo de trabalhar com o técnico Renato Gaúcho.

Tardelli afirma que o jogo terá gosto diferente: “É uma partida especial por tudo que eu vivi no Atlético, pela minha história, pelos títulos que eu ganhei. Claro que se trata de um jogo especial. Primeira vez que encontro meu ex-clube. Então, é agir naturalmente. Hoje, estou defendendo o Grêmio e estou preparado”.

Fábio Santos sabe que é preciso ter atenção total com o camisa 9. “É preciso ter cuidado não só com ele, mas com o André (que também vestiu a camisa do Galo). A única lei no Brasil que funciona é a lei do ex. É preciso atenção especial com esses jogadores.”

Botafogo e Palmeiras abrem a sexta rodada hoje, às 16h, no Mané Garrincha, em Brasília. O Atlético torce por um tropeço da equipe paulista.


O ADVERSÁRIO
Em busca da reação
Penúltimo colocado no Campeonato Brasileiro e ainda sem vencer, o Grêmio acredita em mudança de fase no confronto diante do Atlético, em casa. A postura da equipe tem sido muito criticada nos últimos jogos, mas o técnico Renato Gaúcho está convicto de que os jogadores vão reagir o quanto antes e apagar a má impressão. “Tem alguma dúvida que meu time vai decolar? Não tem prazo. São 38 rodadas, faltam 33. Se alguém acha, pegue suas fichas e aposte. Não estou nem um pouco preocupado. Lógico que não estou satisfeito. Mas, infelizmente, não entramos focados como deveríamos”. Embora o tricolor conte com o retorno de Diego Tardelli, recuperado de lesão muscular na coxa esquerda, os desfalques hoje são vários: o volante Matheus Henrique (suspenso) os zagueiros Paulo Miranda e Kannemann, os laterais Cortês e Marcelo Oliveira e o armador Luan (machucados).


FICHA TÉCNICA
Grêmio x Atlético
Grêmio: Paulo Victor; Leonardo Gomes, Pedro Geromel, Michel e Juninho Capixaba; Rômulo, Maicon, Diego Tardelli (Alisson), Jean Pyerre e Everton; André
Técnico: Renato Gaúcho
Atlético: Victor; Patric, Leonardo Silva, Igor Rabello e Fábio Santos; Zé Welison, Jair, Luan, Cazares e Chará; Ricardo Oliveira
Técnico: Rodrigo Santana
6ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Estádio: Arena Grêmio
Horário: 19h
Árbitro: Rafael Traci (SC)
Assistentes: Kléber Lúcio Gil e Carlos Berkenbrock (SC)
VAR: Héber Roberto Lopes (SC)
TV: Pay-per-view


ENQUANTO ISSO...
Renovações, contratações e técnico
O diretor de futebol Rui Costa afirmou ontem, em entrevista à ESPN Brasil, que o Atlético negociará as renovações de contrato do volante Elias e do armador Nathan durante a Copa América. O primeiro tem vínculo até o fim do ano e o segundo, com direitos ligados ao Chelsea, terá o compromisso encerrado em julho. O diretor garante que o Galo vai se reforçar com pelo menos quatro atletas e monitora o mercado sul-americano em busca de opções de qualidade: “O Atlético tem um grupo de jogadores muito comprometidos. Evidentemente que sempre podemos qualificar mais. Em alguns setores, temos algumas deficiências de quantidade até. Vamos fazer o que for possível e viável dentro de orçamento do clube para que nós tenhamos uma equipe muito forte”. Rui Costa também definiu que tem o perfil do novo técnico: um profissional que trabalha de forma intensa e que tem visão integrada de futebol, com estilo de jogo de protagonismo. Ele negou que o clube tenha procurado o português Jorge Jesus ou o argentino Sebastián Beccacece, atualmente no Defensa e Justicia.


Publicidade