Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Vai sobrar para a Chape!

O Cruzeiro precisa se valer do retrospecto favorável e da má fase do time catarinense para reagir no Brasileiro e reencontrar o caminho da vitória, domingo, no Horto


postado em 24/05/2019 04:07

Fábio, goleiro celeste:
Fábio, goleiro celeste: "Temos de focar na Chapecoense, para que a gente possa voltar a vencer, passar novamente a confiança para o torcedor, de preferência jogando bem" (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press %u2013 17/9/18)


As três derrotas e um empate nas quatro últimas partidas obrigam o Cruzeiro a reagir rápido. E nada melhor que jogar em casa, com o apoio da torcida, diante de um adversário de menor tradição e que também não atravessa boa fase para conseguir a sonhada reabilitação. O próximo compromisso é contra a Chapecoense, domingo, às 19h, no Independência, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

O time catarinense também vem de três derrotas e um empate nos últimos quatro jogos, todos pelo Nacional. Porém, ao contrário da Raposa, perdeu o Campeonato Estadual (para o Avaí) e está fora da Copa do Brasil, depois de ser eliminado pelo Corinthians na quarta fase, e da Copa Sul-Americana – foi desclassificado logo no primeiro mata-mata, pelo Unión La Calera-CHI.

O que aproxima os dois times são as campanhas ruins no Brasileiro. O time celeste é o 15º colocado, com seis pontos, dois a mais que o adversário de domingo. Todos os pontos celestes foram obtidos em casa, contra equipes que também não deverão brigar pelo título, como ocorre com a Chape.

Esse é um dos motivos de todos os cruzeirenses estarem confiantes na reabilitação no próximo jogo, mas pregarem muito respeito aos catarinenses. Outro é que já foram surpreendidos pela Chapecoense em Belo Horizonte em duas oportunidades, sendo que em 21 de junho de 2015 o Mineirão recebeu quase 40 mil pessoas, que viu um gol de Camilo determinar o resultado mínimo a favor da equipe do Sul.

“Não podemos ficar pensando no que já passou. Temos de focar na Chapecoense, para que a gente possa voltar a vencer, passar novamente a confiança para o torcedor, de preferência jogando bem”, argumenta o goleiro Fábio, que esteve presente tanto nos tropeços quanto em vitórias sobre os catarinenses. “Já vivenciamos vários jogos no Independência e conquistamos bons resultados. E agora é hora de buscar voltar a vencer. Quando você fica sem vencer, a cobrança é muito maior, ainda mais em se tratando de Cruzeiro. O importante é que nosso time é consistente e tem capacidade.”

Justamente pela experiência, o arqueiro de 38 anos já alerta os companheiros para o que será necessário neste domingo. “A Chapecoense não tem nada a ver com nosso momento difícil. Eles já tiveram oportunidade de vir aqui e fazer bons jogos, ganhar, o que é natural no futebol. Sabemos das dificuldades e para ganhar deles vamos ter de correr muito, sobressair taticamente, mostrar a qualidade do grupo. Em casa temos de fazer bom papel para depois pensar em ir bem fora e recuperar na tabela”, declara.

Fábio ainda ressalta que não há motivos para desespero. “Podemos nos recuperar no Brasileiro, estamos bem na Libertadores, vivos na Copa do Brasil. Então, se tinha um momento para acontecer essa oscilação era agora. Vamos trabalhar para voltar a obter grandes resultados.”

DE VOLTA O camisa 1 ficou fora da goleada por 4 a 1 para o Fluminense, sábado, no Maracanã, por decisão da comissão técnica. Segundo ele, se a parte física não era problema, a ausência se justifica pelo lado psicológico, ainda que não goste de ficar de fora nem de treino. “Já havíamos tido a conversa há uns 20 dias. Era necessário também dar oportunidade ao Rafael, para que ele ganhasse ritmo.”

A volta de Fábio deve ser uma das novidades da equipe celeste para o jogo de domingo. Outra mudança é na lateral direita, pois Orejuela, titular nos últimos dois jogos, passou por artroscopia para correção de lesão no menisco medial esquerdo. Edílson é o favorito, mas o volante Lucas Romero pode ser improvisado. Thiago Neves, recuperado de mal-estar, está à disposição.

 

Estreladas

Base com moral

Além do lateral-direito Weverton, outro jogador da equipe Sub-20 do Cruzeiro foi chamado para completar os treinos da Seleção Brasileira, que se prepara para a Copa América na Granja Comary, em Teresópolis (RJ). Trata-se do armador Maurício (foto), de 17 anos, e que na terça-feira havia começado a treinar com os profissionais na Toca da Raposa II.
Eles ficam na Região Serrana do Rio até quarta-feira. 

 

venda de ingressos

Depois de atender sócios-torcedores na quarta-feira e ontem, os ingressos para Cruzeiro x Chapecoese começam a ser vendidos hoje para o público em geral. Os associados vão dividir o ponto de venda no ginásio do Barro Preto, que funcionará de 10h às 19h, com os demais interessados. Nas bilheterias do Independência, a venda será apenas no domingo.

 

enquanto isso...

Taça BH deverá ser confirmada 

Depois de América e Cruzeiro anunciarem que resolveram as pendências envolvendo o atacante Vitor Roque – que terá seus direitos econômicos divididos entre os dois clubes, mas jogará na Raposa –, a Federação Mineira de Futebol (FMF) deverá confirmar a realização da Taça BH de Futebol Sub-17 na segunda quinzena de julho. A competição, uma das mais importantes do Brasil no calendário das categorias de base, estava ameaçada em função da acusação do Coelho de que a Raposa teria aliciado o jovem atleta. A FMF ainda não definiu todos os detalhes, mas o torneio deverá ser marcado para o período entre 15 e 31 de julho.


Publicidade