Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas

Nada é tão ruim que não possa piorar

Além da má fase em campo, Cruzeiro terá de lidar com o desfalque do colombiano Orejuela pelo menos até a Copa América. Lateral vai passar por uma atroscopia no joelho esquerdo


postado em 21/05/2019 04:11

Orejuela sofreu lesão no menisco medial do joelho esquerdo durante a partida contra o Fluminense, no sábado, pelo Campeonato Brasileiro(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press - 8/1/19)
Orejuela sofreu lesão no menisco medial do joelho esquerdo durante a partida contra o Fluminense, no sábado, pelo Campeonato Brasileiro (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press - 8/1/19)


Quando a fase é ruim, as dificuldades parecem aumentar mais. Prova disso é que o Cruzeiro perderá o lateral-direito Orejuela pelo menos até a parada para a Copa América devido a cirurgia para reparar lesão no menisco medial do joelho esquerdo. O colombiano se machucou no início do segundo tempo da partida em que a equipe celeste foi goleada pelo Fluminense por 4 a 1, sábado, no Maracaná, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Foi a terceira derrota da Raposa nos últimos quatro jogos, tendo empatado com o próprio tricolor na quarta-feira, pelo duelo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

Orejuela não conseguiu ir andando da bandeirinha de escanteio até o banco de reservas e usou muletas para deixar o Maracanã. Ontem, já em Belo Horizonte, passou por ressonância magnética, que apontou a necessidade de cirurgia.

O departamento médico celeste, chefiado por Sérgio Campolina, entrou, então, em contato com o holandês Ajax, solicitando autorização para realizar a artroscopia. O clube de Amsterdã é dono dos direitos de Orejuela e o emprestou ao Cruzeiro até o fim do ano. “Só no momento da cirurgia será possível saber a extensão da lesão. A ressonância não nos dá essa dimensão”, disse Campolina.

Quem também será afetada pela contusão é a Seleção Colombiana. Isso porque o jogador estava pré-convocado para a Copa América, mas já foi cortado da lista do técnico Carlos Queiroz.

Orejuela, de 23 anos, soma 10 jogos com a camisa celeste. Ele ainda não marcou gol, mas contribuiu com uma assistência.

Sem o colombiano, o técnico Mano Menezes voltará a escalar Edílson, que não atuou no sábado por cumprir suspensão automática após a expulsão na derrota por 3 a 1 para o Internacional, pela quarta rodada do Brasileiro. Outras opções para o setor são as improvisações dos volantes Lucas Romero e Jadson.

O treinador também pode buscar na base um especialista na posição. O problema é que Weverton vai se apresentar na quinta-feira ao técnico Tite para período de treinos com a Seleção Brasileira que vai se preparar para a Copa América. Inicialmente, ele fica até o dia 29, mas essa programação poderá ser alterada.

REUNIÃO Hoje, os jogadores se reapresentam na Toca da Raposa II. A diretoria e a comissão técnica deverão se reunir com os jogadores, em busca de respostas para a má fase. Os atletas negam haver problema de relacionamento no grupo.

“Entendo a revolta de vocês, torcedores, que não estão acostumados com isso, com o time jogando mal, tomando gols bobos e perdendo. Estou em meu terceiro ano no Cruzeiro e também nunca tinha passado por um momento ruim desses. Todo time passa por momento de instabilidade. É ruim, sim, muito ruim, mas não é por isso que o grupo está rachado, não é por isso, que os jogadores estão querendo derrubar treinador, isso não existe mais no futebol”, escreveu o armador Thiago Neves em uma rede social.

Ele ainda prometeu esforço total para a recuperação e pediu o apoio dos torcedores: “Todos sabemos que está muito ruim e que temos que melhorar, todos! O que não precisamos é de mentiras para querer atrapalhar nosso ambiente, que é e sempre será bom! Precisamos de apoio, são nesses momentos que mais precisamos de vocês, porque quando está ganhando é fácil. É agora na dificuldade que precisamos de vocês. Contamos com vocês para espantar esta pequena crise que estamos enfrentando”.


Publicidade