Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Por uma campanha perfeita

Com um time bem mudado, Cruzeiro busca contra o Emelec sua sexta vitória sem ser vazado na fase de grupos, feito inédito na competição


postado em 08/05/2019 05:08

Sassá terá a difícil missão de substituir Fred, artilheiro da equipe na temporada(foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)
Sassá terá a difícil missão de substituir Fred, artilheiro da equipe na temporada (foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)


Classificado em primeiro lugar no Grupo B da Copa Libertadores, o Cruzeiro vai com equipe mudada para enfrentar o Emelec-EQU hoje, às 19h15, no Mineirão. Se conseguir mais uma vitória sem sofrer gols, será o primeiro time a conseguir seis vitórias sem ser vazado na fase de grupos, desde que a competição começou a ser disputada nesse formato, em 2000. Mas o técnico Mano Menezes aproveita a situação confortável para dar chance a alguns jogadores e descansar outros, mostrando confiança na força do grupo.

Será a última partida mais “tranquila” da Raposa até a parada para a Copa América. Além dos jogos pelo Campeonato Brasileiro – todos decisivos, nas palavras de jogadores e comissão técnica –, a partir da semana que vem o time entra também na disputa da Copa do Brasil, enfrentando o Fluminense, no Rio, no jogo de ida das oitavas de final.

Entre os jogadores que terão chance hoje estão o zagueiro Fabrício Bruno e o atacante Sassá. O defensor fica com a vaga de Dedé, que será preservado por ter recebido dois cartões amarelos – se recebesse outro, estaria suspenso do primeiro jogo das oitavas de final. Como não joga e os cartões serão “zerados” ao fim da fase de grupos, o jogador ficará tranquilo para o mata-mata.

“Agradeço a confiança do professor Mano. Venho trabalhando cada dia mais forte, esperando as oportunidades. Agora, contra o Emelec, apareceu. Estou bastante confiante em fazer uma grande partida e ajudar o Cruzeiro da melhor maneira possível”, diz Fabrício Bruno, de 23 anos e que esteve emprestado nas duas últimas temporadas à Chapecoense, onde cresceu bastante profissionalmente.

Ele formará a zaga com Leo e espera ajudar o time a seguir como a única que não foi vazada nesta Libertadores. Se isso correr, é grande a chance de o time vencer, ainda mais dentro de casa, empurrado pela torcida.

Na frente, Sassá vai substituir o artilheiro Fred, que cumpriu sequência de 14 jogos e vai ficar fora para se recuperar fisicamente. A tarefa é tão árdua quanto a do companheiro de defesa, pois o camisa 9 já marcou 16 gols este ano, sendo artilheiro da equipe na temporada, além de ter dado quatro assistências.

Ele espera dar a resposta esperada. “Estou trabalhando, fazendo o meu papel. Espero que consiga fazer um grande jogo para ajudar o Cruzeiro, marcar gols para conseguirmos mais uma vitória na temporada. Espero aproveitar essa oportunidade”, diz Sassá.

O jogo de hoje será apenas o segundo em que ele será titular. O primeiro foi na vitória sobre o Tombense, pelo Campeonato Mineiro. Também participou de outros oito compromissos, entrando já com as partidas em andamento. E marcou dois gols.

Uma das características do camisa 99 é a força física. Assim, a chance não poderia ser melhor, pois o próprio Mano Menezes destaca que na Libertadores é importante não só jogar, mas também disputar cada lance.

As melhores participações do Cruzeiro em fases de grupos foram nas edições de 2001 e 2011 da Copa Libertadores. O clube fez 16 pontos em seis jogos, com cinco vitórias e um empate. Nas duas, sofreu gols. Agora, pode chegar a 18 pontos e sair sem ser vazado.

MAIS MUDANÇAS Além das entradas de Fabrício Bruno e Sassá, Mano Menezes promoverá outras alterações em relação ao time que bateu o Goiás por 2 a 1, domingo. Na lateral direita volta Edílson, saindo Orejuela. No meio, o volante Lucas Romero deve entrar no lugar de Lucas Silva. Já o meia-atacante Pedro Rocha não está inscrito e vê Rafinha e David lutarem pela vaga.


O ADVERSÁRIO
De técnico novo

O técnico Ismael Recalvo é a principal novidade do Emelec-EQU para o jogo com o Cruzeiro, hoje, no Mineirão, que vale a sobrevida do time na Copa Libertadores. O espanhol foi contratado na semana passada para substituir o argentino Mariano Soso, demitido por conta dos maus resultados, e estreou com derrota por 3 a 1 para o Olmedo, quando escalou um time misto justamente pensando no compromisso em BH. “O mais importante é a classificação”, diz o treinador, referindo-se à possibilidade de avançar mesmo sem vencer o jogo de hoje – pode até perder, desde que o Deportivo Lara-VEN no máximo empate com o já eliminado Huracán, em Buenos Aires, no mesmo horário.


FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO X EMELEC

cruzeiro: Fábio; Edílson, Fabrício Bruno, Leo e Egídio; Henrique, Lucas Romero (Ariel Cabral), Robinho, Rodriguinho e Rafinha (David); Sassá
Técnico:  Mano Menezes
Emelec-EQU: Dreer; Romario Caicedo, Jordan Jaime, Leandro Vega e Estacio; Godoy, Arroyo e Queiroz; Guerrero, López e Brayan Angulo
Técnico:  Ismael Rescalvo
6ª rodada do Grupo B da Libertadores
Estádio: Mineirão
Horário: 19h15
Árbitro: Andres Rojas (COL)
Assistentes: Wilmar Navarro e
John Alexander Leon (COL)
Cruzeirense pendurado: Dedé
TV: Fox Sports


Publicidade