Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

E o Galo agradece


postado em 06/05/2019 05:11



O Atlético fez a sua parte, ao vencer o Ceará por 2 a 1, e tropeços dos adversários diretos contribuíram para confirmar o Galo líder isolado ao fim da terceira rodada do Brasileiro. O clássico entre São Paulo e Flamengo, no Morumbi, terminou empatado por 1 a 1. O tricolor paulista sofreu, mas garantiu um pontinho, ainda que tenha começado a partida de forma intensa. No entanto, sofreu o gol logo e passou todo o duelo atrás no placar.

Entretanto, o São Paulo não desistiu. O tricolor paulista teve seu esforço recompensado com Tchê Tchê, já na reta final de partida, evitando o que seria a primeira derrota na competição. O gol dos visitantes foi marcado por Berrío.

Sem um lateral-direito de origem, Cuca apostou no jovem Walce. O garoto fez sua estreia na equipe profissional e jogou em três posições: lateral, volante e, posteriormente, zagueiro, que é a sua real função. Liziero voltou ao time, mas sofreu com a falta de ritmo. Quem se destacou foi Tchê Tchê, mais uma vez muito bem, chamando a responsabilidade e sendo coroado com o gol do empate. Já a grande preocupação foi Alexandre Pato. O atacante recebeu uma cotovelada de Thuler no primeiro tempo e foi substituído por Everton. O jogador do Flamengo levou apenas cartão amarelo, decisão equivocada do árbitro mineiro Ricardo Marques Ribeiro.

O Flamengo poupou o time titular inteiro, de olho no jogo contra o Peñarol, quarta-feira, em Montevidéu, que definirá a classificação às oitavas de final da Libertadores. Com isso, seis dos jogadores escalados foram revelados nas categorias de base do clube, sendo o goleiro César o mais velho deles, de 27 anos, seguido de Ronaldo, 22.

Em Maceió, o Santos não jogou bem e empatou por 0 a 0 com o CSA, no Estádio Rei Pelé. O Peixe não demonstrou a intensidade habitual e teve muita dificuldade para criar chances diante da retranca dos donos da casa. Com o resultado, o alvinegro perdeu o 100% de aproveitamento, enquanto o CSA ainda não venceu.

No Engenhão, o Botafogo fez o dever de casa e venceu por 1 a 0 o Fortaleza. gol de Alex Santana. E na Arena Condá, Chapecoense e Athletico empataram por 1 a 1. Rony abriu o placar para os paranaenses, enquanto Everaldo deixou tudo igual.

NOVE GOLS Fechando a rodada, num jogo eletrizante, o Fluminense venceu o Grêmio em Porto Alegre por 5 a 4. Depois de sair perdendo por 3 a 0, virou, levou o empate e fez o quinto gol no fim. Em Salvador, o Bahia bateu o Avaí por 1 a 0.


Publicidade