Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Uberlândia e Coimbra se garantem na elite


postado em 06/05/2019 05:11

No Parque do Sabiá, o Uberlândia bateu o Serranense por 3 a 0, assegurando o retorno à Primeira Divisão mineira(foto: UBERLÂNDIA/DIVULGAÇÃO)
No Parque do Sabiá, o Uberlândia bateu o Serranense por 3 a 0, assegurando o retorno à Primeira Divisão mineira (foto: UBERLÂNDIA/DIVULGAÇÃO)


Uberlândia e Coimbra conquistaram ontem o acesso à elite do Campeonato Mineiro de 2020 e agora decidem o título do Módulo II. As finais estão previstas para quarta-feira e sábado. No Parque do Sabiá, o Verdão goleou por 3 a 0 Serranense, com dois gols do zagueiro Adriano e um de Jhulliam, artilheiro da competição, tendo balançado as redes 11 vezes. Na primeira partida da semifinal, o time de Nova Serrana tinha vencido por 1 a 0.

Além da vaga na final, o Uberlândia conseguiu um feito inédito: pela primeira vez o clube consegue voltar à Primeira Divisão logo no ano seguinte ao rebaixamento. O zagueiro Adriano foi o grande nome do jogo que definiu o acesso do Verdão. Firme na defesa e cirúrgico no ataque, ele construiu o resultado para o time da casa. Primeiro, abriu o placar logo no início do segundo tempo. Depois, marcou um golaço com categoria de atacante para abrir caminho para a classificação à final do Módulo II.

Em 17 de março, após a vitória por 3 a 0 sobre o Serranense no Parque do Sabiá, pela 6ª rodada da primeira fase, o técnico Ademir Fonseca passou mal e foi hospitalizado. O diagnóstico foi de infarto. O treinador teve que passar por procedimentos cirúrgicos para estabilização do quadro e ficou internado por quase 20 dias. Nesse período, o filho, Winnicius Marquezine, se deslocou do Rio de Janeiro e assumiu o comando do Uberlândia. Ontem, com o filho à beira do gramado, uma vez que Ademir cumpria suspensão, o Verdão voltou a vencer o Serranense pelos mesmos 3 a 0 para voltar à elite estadual.

Já o Coimbra não passou do empate sem gols com o Nacional de Muriaé, na Arena do Jacaré, conseguindo segurar o ímpeto do adversário. Com a vantagem depois do empate por 1 a 1 no primeiro jogo, fora de casa, conquistou a tão sonhada vaga.


Publicidade