Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Passaporte para a Champions


postado em 06/05/2019 05:11

Atletas do Chelsea jogam Cahill para o alto na comemoração da vaga para a Liga dos Campeões com a vitória por 3 a 0 sobre o Watford(foto: DANIEL LEAL-OLIVAS/AFP)
Atletas do Chelsea jogam Cahill para o alto na comemoração da vaga para a Liga dos Campeões com a vitória por 3 a 0 sobre o Watford (foto: DANIEL LEAL-OLIVAS/AFP)


Não é só quem será o campeão da Premier League, duelo entre Manchester City e Liverpool, que deixa os torcedores ingleses com os nervos à flor da pele. O City, aliás, encerra a rodada hoje contra o Leicester, às 16h, no Etihad Stadium, com a obrigação de vencer para voltar à liderança do Campeonato Inglês, depois da vitória dos Reds sobre o Newcastle por 3 a 2.  Há tensão também quanto à decisão das vagas para a próxima Champions League.

Ontem, a surpresa foi o poderoso Manchester United (6º), que empatou por 1 a 1 com o lanterninha, Huddersfield, e não tem mais chances de se classificar à próxima Liga dos Campeões. O United soma 66 pontos, quatro a menos que o Tottenham, quarto colocado e último integrante da zona Champions, a uma rodada para o fim da temporada. Terá que se contentar com a vaga na Liga Europa.

Já o Chelsea (3º) garantiu sua classificação ao torneio mais importante da Europa graças à goleada por 3 a 0 sobre o Watford (10º) e aos empates por 1 a 1 do Arsenal (5º) com o Brighton (17º) e do Manchester United. A rodada foi perfeita para os Blues, que chegaram aos 71 pontos com a vitória sobre o Watford, superando na tabela o Tottenham (4º, 70 pontos). Ruben Loftus-Cheek, David Luiz e Gonzalo Higuaín fizeram os gols.

Quem também tropeçou foi o Arsenal ao empatar com o Brighton. No entanto, a equipe segue com chances de disputar a competição continental, mas precisará vencer o Burnley (15º) na última rodada, torcer por uma derrota do Tottenham, que tem três pontos a mais, e ainda tirar o saldo de oito gols de vantagem que os Spurs têm. Contudo, o Arsenal ainda poderá chegar à Champions em caso de título da Liga Europa. Os Gunners disputam as semifinais da competição e venceram o jogo de ida contra o Valencia por 3 a 1.

Já o tradicional Schalke (15º) garantiu a permanência na Bundesliga depois de empatar sem gol com o Augsburg (13º), pela 32ª rodada do Campeonato Alemão. Vice-campeão nacional na temporada passada, o Schalke lutava contra o risco de rebaixamento. Em outra partida, entre duas equipes já salvas da degola, Freiburg e Fortuna Dusseldorf empataram por 1 a 1.

Destaque para a notícia de bastidores do Bayern de Munique. O clube informou em sua conta oficial no Twitter que um dos principais nomes nos últimos anos está de saída: o atacante francês Ribéry não vestirá mais as cores da equipe após o fim do seu contrato, em 30 de junho. Em um breve comentário, o Bayern agradeceu ao jogador pelos serviços prestados ao longo de 12 anos. Com 36 anos, o futuro de Ribéry está indefinido.

ESPANHOL Na Espanha, o Real Madrid (3º) venceu por 3 a 2 o Villarreal (15º), que segue na briga pela permanência na elite, pela 36ª rodada do Campeonato Espanhol. Mariano Díaz (2) e Jesus Vallejo foram os autores dos gols, enquanto Gerard Moreno e Jaume Costa fizeram para o adversário. A partida marcou a volta aos campos do brasileiro Vinicius Junior, que ficou dois meses afastado por lesão e entrou aos 30 minutos do segundo tempo. Com a vitória, o time merengue, com 68 pontos, segue com chances de tomar a segunda colocação do Atlético de Madrid (74 pontos), que foi derrotado na rodada por 3 a 0 pelo Espanyol.



Publicidade