Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Fome de bola

Apesar de estar entre os recordistas de partidas pela Raposa neste ano, atacante Fred rechaça a possibilidade de ser poupado, como vem sendo cogitado por Mano Menezes


postado em 03/05/2019 05:12

"Estou me sentindo muito bem e é dentro de campo que me recupero física e mentalmente. Fazendo gols é que me sinto melhor" Fred, centroavante celeste (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)


Jogador de linha com maior sequência de partidas nesta temporada, o atacante Fred não quer nem ouvir falar em ser poupado. Artilheiro do Cruzeiro (16 gols), além de autor de quatro assistências, ele espera ser mantido no time o máximo possível para melhorar os números e ajudar os companheiros, ainda que a comissão técnica estude deixá-lo de fora de algum dos próximos compromissos da Raposa.

Neste ano, o camisa 9 entrou em campo 19 vezes, todas como titular, ficando atrás apenas do zagueiro Leo, que jogou 20 das 23 partidas da equipe celeste, e ao lado do também zagueiro Dedé e do armador Marquinhos Gabriel. A diferença é justamente o número de jogos seguidos – Marquinhos Gabriel também teve sequência de 13, mas em três deles entrou no segundo tempo, se desgastando menos.

“Estou me sentindo muito bem e é dentro de campo que me recupero física e mentalmente. Fazendo gols é que me sinto melhor”, diz Fred, que pediu aos repórteres, em tom de brincadeira, para parar de perguntar ao técnico Mano Menezes quando vai tirá-lo do time. “Pelo acompanhamento da fisiologia, não estou desgastado. Já estive mais desgastado, mas agora estou bem. De qualquer forma, o importante é que temos outros jogadores em condições de entrar e ajudar.”

Muito da fome de bola do centroavante se deve ao fato de ele ter ficado quase todo o ano passado no departamento médico em função de cirurgia no joelho direito. E também de estar próximo de quebrar novas marcas – ele foi homenageado ontem pela diretoria celeste com uma placa por ter ultrapassado 100 jogos pelo clube.

Maior artilheiro do Cruzeiro no século 21, com 76 gols, Fred pode se tornar o segundo jogador que mais fez gols em Campeonatos Brasileiros desde 1959. Balançou as redes 142 vezes na competição, 11 a menos que Edmundo e 12 a menos que Romário. O recordista é Roberto Dinamite, com 190. “Não é fácil, mas vamos tentar. Se não for neste ano, vamos tentar no ano que vem”, declara o camisa 9 celeste.

CUIDADO No que depender da comissão técnica do Cruzeiro, Fred estará em condições para seguir estabelecendo marcas. Mas, para isso, terá de ficar fora de algumas partidas, sendo o mais provável que não enfrente o Emelec-EQU, quarta-feira, no Mineirão. Afinal, o Cruzeiro já tem garantidas a classificação às oitavas de final e a melhor campanha do Grupo B da Copa Libertadores.

“Levando em conta ser importantíssima a vitória no domingo (contra o Goiás, também no Gigante da Pampulha) para alcançar duas seguidas no Campeonato Brasileiro e pelo fato de termos um dia a mais de recuperação agora, talvez a gente poupe Fred contra o Emelec. Mas vamos avaliar, não queremos correr risco de lesão, nem queda de produção. Ele sofre muito para jogar entre os zagueiros, gasta bastante energia para se movimentar por ser um jogador grande e precisamos deste jogador inteiro”, analisou Mano Menezes.

Quem estará em campo no domingo é o lateral-esquerdo Egídio e o volante Henrique. A dúvida é se o armador Rodriguinho voltará ao time. Substituído ainda no primeiro tempo na vitória por 1 a 0 sobre o Ceará, o armador Marquinhos Gabriel não teve constatada lesão na coxa direita. Porém, como está com incômodo no local, ficou em tratamento ontem.


Publicidade