Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Seleção de Futebol Feminino


postado em 29/04/2019 05:07

(foto: SRDJAN SUKI/AFP)
(foto: SRDJAN SUKI/AFP)

A comissão técnica da Seleção Brasileira Feminina de Futebol, comandada por Osvaldo Alvarez, o Vadão, escolheu a cidade de Portimão, na região do Algarve, em Portugal, para a preparação final para o Mundial de França, que será entre 7 de junho e 7 de julho. A escolha do local foi feita visando a aclimatação da equipe, tendo em vista a temperatura no país europeu e o fuso horário. A delegação chegará em 22 de maio e ficará até 5 de junho, quando viajará para Grenoble, na França, cidade da estreia diante da Jamaica, no dia 9.

 

City retoma a liderança no Inglês
O Manchester City venceu o Burnley por 1 a 0, ontem, fora de casa, e reassumiu a liderança do Campeonato Inglês. O gol foi do argentino Sergio Agüero. A duas rodadas do fim, o City lidera com 92 pontos, um de vantagem para o Liverpool. O Manchester United (6º, com 65 pontos) empatou com o Chelsea (4º, com 68), no Old Trafford, e permanece fora da zona de classificação para a Liga dos Campeões. 

 

 

Só dá Mercedes
A Mercedes conquistou, com a vitória do finlandês Valtteri Bottas (foto) e o segundo lugar do britânico Lewis Hamilton, a quarta dobradinha em quatro provas em 2019, no Grande Prêmio do Azerbaijão, ontem, realizando assim o melhor início de temporada da história para uma escuderia da F-1. O alemão Sebastian Vettel (Ferrari) completou o pódio na frente do holandês Max Verstappen (Red Bull) e do monegasco Charles Leclerc (Ferrari). As 'flechas prateadas' superaram assim o recorde da Williams no início da temporada de 1992, e contam com 74 pontos de vantagem sobre a Ferrari na classificação de construtores. Na de pilotos, Bottas tem apenas um ponto a mais que seu companheiro britânico. Vettel, 3º, possui 35 pontos a menos.

 

Maratona de Londres
Considerado o maior fundista da atualidade, o queniano Eliud Kipchoge (detalhe) confirmou o seu favoritismo e venceu a 39ª edição da Maratona de Londres, na Inglaterra, com a melhor marca da prova e a segunda melhor da história: 2h02min37s, inferior apenas ao tempo de 2h01min39s, que também pertence ao queniano e foi conquistado em Berlim, na Alemanha. O brasileiro Daniel Chaves foi o 15º colocado na prova na capital britânica e alcançou o índice para os Jogos Olímpicos de Tóquio'2020, no Japão. Entre as mulheres, também deu Quênia no degrau mais alto do pódio com a vitória de Brigid Kosgei.

 


Publicidade