Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas

Coelho se prepara para a guerra da Segundona


postado em 25/04/2019 05:04

O técnico americano Givanildo Oliveira conta praticamente com o mesmo time que disputou o Mineiro(foto: Mourão Panda/América)
O técnico americano Givanildo Oliveira conta praticamente com o mesmo time que disputou o Mineiro (foto: Mourão Panda/América)


Com a participação de 12 equipes que já passaram pela Série A do Campeonato Brasileiro, começa amanhã a disputa da Série B. O América, único representante mineiro na Segunda Divisão, fará sua estreia contra o campeão da Série C do ano passado, o Operário-PR, às 19h15, em Ponta Grossa, no Paraná. São Paulo é o estado com o maior número de clubes na disputa, seis (Guarani, Botafogo, São Bento, Ponte Preta, Bragantino e Oeste). O Paraná tem quatro (Coritiba, Operário, Paraná e Londrina). Goiás, dois (Atlético e Vila Nova), assim como Santa Catarina (Figueirense e Criciúma). Pernambuco (Sport), Bahia (Vitória), Mato Grosso (Cuiabá), Rio Grande do Sul (Brasil) e Alagoas (CRB) completam a lista dos 20 participantes.

Entre os favoritos para a conquista do título e principais desafiantes do Coelho estão as três equipes rebaixadas da Série A, junto com o América: Vitória, Sport e Paraná. Além dessas, aparecem como virtuais candidatos ao título o Coritiba, Figueirense, Atlético-GO e Ponte Preta. Os quatro que subiram da Série C – Operário-PR, Botafogo-SP, Cuiabá-MT e Bragantino-SP, vão brigar para se manter na Segunda Divisão.

O América, que foi campeão da Série B duas vezes (1997 e 2017), tenta o tricampeonato ou, na pior das hipóteses, voltar à Série A, competição que disputou por três vezes, a partir da adoção dos pontos corridos, em 2003. Será a sexta participação do Coelho na Série B no atual formato.

Seu primeiro adversário, por sua vez, foi o campeão da Série C de 2018 e participa pela primeira vez da B. O time tem ainda a seu favor o fato de ser o primeiro time brasileiro a conquistar os títulos consecutivos de duas séries: C e D. No Campeonato Paranaense deste ano, foi o quinto colocado.

Para a disputa da competição, o América não fez grandes contratações. A base é a equipe que terminou o Mineiro em terceiro lugar. Apenas uma contratação foi feita até o momento, a do goleiro Airton, ex-Pelotas-RS. O time perdeu jogadores importantes em relação à temporada passada, como o goleiro João Ricardo, o zagueiro Matheus Ferraz, o lateral-esquerdo Giovane e os atacantes Aylon, Rafael Moura e Luan.

O técnico Givanildo Oliveira vem tentando armar a equipe desde o Mineiro. A defesa está praticamente definida, com Fernando Leal, Leandro Silva, Paulão, Diego Jussani e João Paulo, assim como o meio-campo, com Zé Ricardo, Juninho e Matheusinho. Mas o treinador ainda não conseguiu uma unanimidade no ataque. Tem testado cinco jogadores em três posições: Marcelo Toscano, Júnior Viçosa, Jonatas Belusso, Mateusinho e Neto Berola.

SITUAÇÔES PARECIDAS Existe uma grande semelhança no atual momento da maioria das 20 equipes que disputam a Série B. Apenas duas foram campeãs estaduais: Sport e o Atlético-GO. Duas foram vice-campeãs: CRB e Cuiabá. Quatro terminaram na terceira posição: América, Figueirense, Vila Nova e Coritiba. Londrina e Criciúma ficaram na quarta colocação.

O Vitória, embora fosse apontado como favorito ao título baiano, nem sequer chegou às semifinais da competição de seu estado. Foi o quinto colocado. Os demais times ficaram mal posicionados: no Paulista, a Ponte Preta foi a 9ª colocada, à frente do Oeste (10º), Guarani (11º), Botafogo (13º), Bragantino (14º) e São Bento (16º e rebaixado) – eram 16 equipes. O Paraná foi o sexto do estadual e o Brasil foi o 10º do Gaúcho.


Publicidade