Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Mudança de treinador em meio à Libertadores não é novidade no Atlético


postado em 22/04/2019 05:08

O Atlético nunca disputou uma partida de Copa Libertadores com técnico interino, mas teve dois comandantes na mesma competição em pelo menos três oportunidades. Em 1978, Barbatana começou dirigindo o alvinegro e Mussula assumiu o comando nos últimos quatro jogos, sendo o responsável por levar a equipe ao triangular semifinal. Em 2014, Paulo Autuori foi o treinador até o duelo de ida das oitavas de final – derrota para o Atlético Nacional (1 a 0) –, quando foi demitido. Levir Culpi treinou o Galo na partida de volta contra os colombianos, mas não evitou a eliminação, com o empate por 1 a 1. E em 2017, Roger Machado conseguiu a melhor campanha da fase inicial, porém, caiu depois do primeiro confronto das oitavas, diante do Jorge Wilstermann. Na volta, Rogério Micale estava à beira do campo no empate sem gols, que determinou o fim da linha para o alvinegro.


Publicidade