Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas

Reencontro marcado

Reservas do Atlético conquistam oitava vitória consecutiva ao bater o Tupynambás. Time de Juiz de Fora será o adversário do Galo domingo, no Mineirão, pelas quartas de final


postado em 21/03/2019 05:12

Alerrandro (E) festeja o primeiro gol do alvinegro no Mário Helênio, o oitavo dele no Estadual. Prata da casa é o artilheiro da competição(foto: Bruno Cantini/Atleti)
Alerrandro (E) festeja o primeiro gol do alvinegro no Mário Helênio, o oitavo dele no Estadual. Prata da casa é o artilheiro da competição (foto: Bruno Cantini/Atleti)


O Atlético encerrou a primeira fase do Campeonato Mineiro com a oitava vitória consecutiva na competição. Na noite de ontem, no estádio Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora, os reservas do Galo venceram o Tupynambás por 2 a 1. O alvinegro, que já havia garantido a liderança na rodada anterior, chegou ao triunfo com gols de Alerrandro, de pênalti, e Nathan. Leandro Salino descontou para o Baeta. Nas quartas de final, o Atlético vai se reencontrar com o Tupynambás, que ficou em oitavo, no domingo, às 16h, no Mineirão. Como será jogo único, em caso de empate a vaga nas semifinais será decidida nos pênaltis.

O técnico Levir Culpi mandou a Juiz de Fora formação completamente reserva. O treinador alternou atletas das equipes B e C, com titulares e alguns suplentes imediatos permanecendo em Belo Horizonte. O atacante Papagaio, recém-contratado, entrou no intervalo, em sua estreia com a camisa alvinegra. Para ele, o importante, a partir de agora, será ganhar ritmo para poder brigar de igual para igual com Ricardo Oliveira e Alerrando por um lugar no ataque atleticano. “Foi só o primeiro jogo. Fiquei muito tempo parado e é importante voltar, mostrar que estou recuperado. Pouco a pouco vou recuperar o ritmo”, disse o jogador, que vê o Atlético preparado para as quartas: “Controlamos bem a partida e vamos fortes para o mata-mata”.

O volante Marcel, do Tupynambás, não deixou o campo muito satisfeito com a atuação dos donos da casa. “Estamos felizes com a classificação, mas, pelos últimos jogos, nosso time não merecia se classificar. Conseguimos pelos pontos que fizemos no início do campeonato”, afirmou, reclamando da postura dos companheiros: “Não dá para entrar na moleza que entramos. Tomamos gols bobos. Agora, se todo mundo virar homem, entrar concentrado em campo, não leva esse tipo de gol. Aí a gente consegue pelo menos buscar o empate lá e levar a partida para os pênaltis”.

GOLS O jogo começou quente e, logo nos primeiros segundos, o experiente atacante Ademílson finalizou com perigo. Pouco depois, em sua primeira descida ao ataque, o Atlético teve pênalti a seu favor. Leandrinho cruzou e a bola bateu na mão do zagueiro Felipe Gregory. Na cobrança, Alerrandro, artilheiro do Estadual, deslocou o goleiro Renan Rinaldi, marcando seu oitavo gol na competição.

Não demorou muito e o Galo ampliou. Após jogada pela esquerda, Alerrandro disputou com a defesa do Baeta. A bola sobrou na entrada da área para Nathan, que finalizou de primeira, no ângulo do goleiro. Foi o primeiro gol dele pelo Atlético.

O Tupynambás foi então ao ataque e, aos 21, num vacilo da defesa alvinegra, diminuiu: após cruzamento, Leandro Salino apareceu livre e cabeceou para as redes, levando a torcida à loucura. No último lance da etapa inicial, no entanto, Salino saiu como vilão: ele fez falta dura em Alerrandro, levou o segundo cartão amarelo e foi expulso.

FICHA TÉCNICA
TUPYNAMBÁS 1 X 2 ATLÉTICO

TUPYNAMBÁS: Renan Rinaldi; Gustavo Crecci, Adriano, Felipe Gregory e Lucas Hipólito (Anderson Santoss 36 do 2º); Marcel, Leo Salino e Leandro Salino; Geovani (Matheus Pimenta 27 do 2º), Núbio Flávio (Igor Soares 43 do 2º) e Ademílson
Técnico: Paulo Campos
ATLÉTICO: Cleiton; Renan Guedes, Martín Rea, Iago Maidana e Hulk; Lucas Cândido, Nathan, Leandrinho, Daniel Penha (Marquinhos 21 do 2º) e Bruninho; Alerrandro (Papagaio, intervalo)
Técnico: Levir Culpi
11ª rodada do Campeonato Mineiro
Estádio: Radialista Mário Helênio
Gols: Alerrandro 4, Nathan 8 e Leandro Salino 21 do 1º
Árbitro: Cleisson Veloso Pereira
Assistentes: Marcus Vinícius Gomes e Filipe Ramos de Santana
Cartão amarelo: Leandro Salino, Marcel, Martín Rea, Geovani, Maidana e Renan Guedes
Cartão vermelho: Leandro Salino



Publicidade