Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Dois jogos, um só objetivo

Cruzeiro e América entram em campo nesta noite para enfrentar, respectivamente, Caldense e Guarani de olho na vice-liderança do Campeonato Mineiro e as vantagens que ela proporciona


postado em 20/03/2019 05:05

"É hora de aumentar o ritmo, evoluir em algumas coisas. E este jogo será o momento de fazer isso" Robinho, armador celeste (foto: Vinnícius Silva/Cruzeiro)


Duas partidas, ambas em Belo Horizonte e às 21h30, definem, hoje, o segundo colocado na primeira fase do Campeonato Mineiro. Enquanto o Cruzeiro tenta assegurar a vice-liderança diante da já classificada Caldense, no Mineirão, o América precisa vencer o ameaçado Guarani, no Independência, e ainda torcer por tropeço da Raposa.

Na prática, ficar em segundo é uma vantagem relativa. Se nas semifinais dá o direito de fazer o segundo jogo em casa e garantir vaga na final com dois empates ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols, isso só se repetirá na decisão se o primeiro colocado, o Atlético, estiver fora da disputa.

De qualquer forma, tanto cruzeirenses quanto americanos cobiçam o segundo lugar. “Queremos vencer e manter o segundo lugar, que é importante. E depois vamos tentar avançar, ver quem vamos pegar, se vamos decidir (o título) em casa”, diz o armador Robinho.

Até pelo desejo de vitória, ele defende que seja escalado o que o Cruzeiro tem de melhor na partida desta noite – o zagueiro Dedé está suspenso e Fabrício Bruno e Murilo disputam a posição, enquanto o lateral-esquerdo Dodô será o substituto do também suspenso Egídio. Já o lateral-direito reserva Orejuela está servindo à Seleção Colombiana. “É hora de aumentar o ritmo, evoluir em algumas coisas. E este jogo será o momento de fazer isso. Vamos ter jogos decisivos pela frente e é buscar fazer um bom jogo para seguirmos fortes”, afirma o camisa 19.

Na frente, o armador Rafinha está fora devido a desconforto muscular sentido durante a vitória por 3 a 0 sobre o Tupi, sábado, em Juiz de Fora. Assim, Marquinhos Gabriel, que o substituiu na partida passada, sai na frente para ser titular, mas David corre por fora, podendo ser opção de velocidade pelos lados para superar a defesa da Caldense.

OLHO NA DEFESA No caso do América, o objetivo também é sair vencedor hoje. Para tanto, o técnico Givanildo Oliveira quer atenção redobrada na defesa depois que o time sofreu três gols no clássico com o Atlético, quando saiu derrotado por 3 a 2. A avaliação do treinador é que os comandados erraram no segundo e no terceiro gols atleticanos e para sair de campo com o triunfo hoje será preciso força defensiva.

Entre os jogadores, a intenção é buscar a reabilitação e, quem sabe, subir uma posição. “Vamos procurar vencer, fazer a nossa parte. Se o Cruzeiro tropeçar, ficaremos contentes. Sabemos que o Guarani está em situação difícil, mas temos totais condições de conquistar os três pontos. Acredito que será um bom jogo”, destaca o volante Zé Ricardo, um dos pilares da equipe.

Como o time de Divinópolis precisa da vitória para evitar o rebaixamento sem depender de ninguém, Zé Ricardo acredita que o Coelho terá espaço para atacar, mas precisa estar atento. “Hoje em dia não existe jogo fácil, porque todas as equipes estão organizadas. Temos que procurar fazer boa partida e buscar a vitória. Será muito bom terminar a primeira fase com o resultado positivo.”

Já pensando nos mata-matas, Givanildo cogita a possibilidade de poupar jogadores que estiverem mais desgastados. Um deles é o lateral-direito Leandro Silva, que deve dar lugar ao prata da casa Ronaldo. Outros atletas também podem ficar de fora, mas a escalação só será anunciada uma hora antes da partida.

FICHAS TÉCNICAS
Cruzeiro x Caldense

Cruzeiro: Fábio; Edílson, Fabrício Bruno, Leo e Dodô; Henrique, Lucas Romero, Robinho, Rodriguinho e Marquinhos Gabriel; Fred
Técnico: Mano Menezes
Caldense: Omar; Carlinhos, Renato Silveira, Rodolfo e Edu Pina; Romário, Renan Ribeiro, Leandro Carvalho e Judson; Lorran e Salatiel
Técnico: Mauro Fernandes
11ª rodada do Campeonato Mineiro
Estádio: Mineirão
Horário: 21h30
Árbitro: Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira
Assistentes: Ricardo Junio de Souza e Magno Arantes Lira
TV: Globo e pay-per-view
Cruzeirense pendurado: Henrique

América x Guarani
América: Fernando Leal (Glauco); Ronaldo, Paulão, Diego Jussani e João Paulo; Juninho, Zé Ricardo e Marcelo Toscano; Neto Berola, Júnior Viçosa (Jonatas Belusso) e Felipe Azevedo (França)
Técnico: Givanildo Oliveira
Guarani: Leandro; Rodrigo Dias, Paulão, Élder e Vitão; Alemão, Yuri e Ewerton Maradona; Leomir, Pedrinho e Paulo Morais
Técnico: Gian Rodrigues
11ª rodada do Campeonato Mineiro
Estádio: Independência
Horário: 21h30
Árbitro: Paulo Cézar Zanovelli da Silva
Assistentes: Leonardo Henrique Pereira e Pedro Araújo Dias Cotta
TV: Pay-per-view
Americanos pendurados: Juninho, Júnior Viçosa e Paulão


E MAIS....
Saúde feminina

Antes de a bola rolar para Cruzeiro x Caldense, 100 mulheres vão ocupar o círculo central do gramado do Mineirão em ação do movimento Menos Pudor, Mais Poder, lançado pela Associação dos Ginecologistas e Obstetras de Minas Gerais (Sogimig) para conscientizar sobre a importância de a mulher não ter vergonha, conhecer seu corpo e ir regularmente ao ginecologista. No telão, um vídeo vai chamar a atenção para dados importantes que indicam os perigos de a mulher não procurar o médico. Também serão distribuídos guias da saúde da mulher.

Patrocínio alviverde

O América vai exibir na parte posterior dos calções, a partir do jogo desta noite, contra o Guarani, a marca da Century Telecom, empresa do ramo da tecnologia e telecomunicações que vai patrocinar o clube até abril de 2020. “Trata-se de empresa muito conceituada no mercado e referência em sua área de atuação. Tenho certeza que será parceria duradoura e de muito sucesso, tanto para o América quanto para a Century”, disse Erley Lemos, diretor de Marketing e Negócios do Coelho. Os patrocínios ajudam o clube a melhorar a arrecadação, que diminuiu bastante com a queda para a Série B do Campeonato Brasileiro.


Publicidade