Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Coelho tenta corrigir erros defensivos


postado em 19/03/2019 05:05


Terminado o jogo de domingo, o clima no vestiário do América era de revolta pela expulsão de Matheusinho, o que na opinião dos jogadores teria sido injusta. Ontem, no entanto, o presidente Marcus Salum tratou de botar panos quentes nessa história e dar um ponto final no assunto. Segundo ele, o Coelho tem de se preocupar em seguir brigando pelo segundo lugar e buscar a vantagem nas quartas de final e nas semifinais.

“Até poderia questionar a expulsão. Será que se tivesse sido um jogador do Atlético que fizesse aquela falta ele teria sido expulso? Mas não quero polemizar. Não penso dessa forma. O Matheusinho foi imprudente. O resultado, pra mim, foi injusto, mas iporque erramos defensivamente. Não é dia de acusar ninguém. O trabalho que o Givanildo vem fazendo é bom e temos de seguir dando apoio a ele. É ele quem está na beirada do campo e que conhece tudo sobre o time”, disse o dirigente.

Para o treinador americano, a derrota foi resultado da combinação entre a expulsão e os erros defensivos. Ele começa a preparar hoje o time para seu último compromisso na fase de classificação, amanhã, contra o Guarani, no Horto.

“A expulsão atrapalhou, mas chegamos, mesmo com um a menos, a empatar, e depois desperdiçamos chances. Isso não pode acontecer”, afirma Givanildo, que no treino de hoje, vai corrigir o que considera mais importante: o posicionamento de defesa.

O treinador diz que o importante, agora, é pensar em vencer e torcer para que o Cruzeiro perca para a Caldense, apesar de o jogo ser no Mineirão. “É difícil, mas não impossível”. Givanildo lembra que a Caldense ainda briga pela quarta colocação, o que lhe daria a vantagem de decidir em casa nas quartas de final.

SUB-20

A equipe Sub-20 do América seguiu ontem para Imperatriz, no Maranhão, para a Copa do Brasil da categoria. Amanhã, às 18h, enfrenta o Marília-MA. A competição tem 32 equipes e a primeira fase é disputada em jogo único, com o vencedor avançando –  em caso de empate, a vaga sairá nos pênaltis.


Publicidade