Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Mano cobra mais competitividade da equipe

Treinador não gostou do empate sem gols com o América e quer mais atenção nas jogadas ofensivas


postado em 19/02/2019 05:07

Rodriguinho lamenta gol perdido no confronto contra o América(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Rodriguinho lamenta gol perdido no confronto contra o América (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)


O empate com o América domingo, no Independência, não era o resultado desejado no Cruzeiro. Afinal, o time desperdiçou a chance de assumir a liderança isolada do Campeonato Mineiro. Muito em função da ineficiência do ataque, que pela primeira vez passou em branco na temporada, deixando o técnico Mano Menezes insatisfeito.

Até o clássico, o time celeste havia marcado 13 gols em seis jogos em 2019, média de 2,16 por partida. Mesmo quando não teve Fred, artilheiro da equipe com quatro gols, foi às redes, como na estreia diante do Guarani, quando venceu por 3 a 1.

Para que o time volte a marcar e a vencer, Mano Menezes vai usar a semana livre para exigir bastante dos jogadores. Além da parte técnica, tática e física, ele também quer o time mais “ligado” nos jogos, a começar pelo compromisso contra a URT, domingo, às 19h, em Patos de Minas.

“São jogos como esse (contra o América) que vão dando um parâmetro mais próximo da nossa necessidade na temporada, deixa claro algumas coisas. Às vezes, falta um pouco de competitividade para equipe. E até algumas alternativas, como jogadas ensaiadas. A gente teve um grande número de bolas alçadas na área, mas não cabeceamos muitas, temos jogadores de estatura e acostumados a fazer gols assim. São detalhes que temos que ajustar para vencer um jogo parelho em uma bola parada, como todo mundo faz. Você tem que ganhar o jogo, e como temos vários jogos com essa dificuldade, temos que trabalhar para melhorar isso”, afirma o treinador celeste.

No domingo, ele não pôde contar com Fred, substituído por Raniel, para se dedicar a trabalho de reequilíbrio muscular. Outro que ficou fora foi Thiago Neves, mas por estar se recuperando de lesão muscular na panturrilha direita.

Ambos serão reavaliados durante a semana e a expectativa é que possam atuar no Alto Paranaíba. Afinal, será o último jogo antes da estreia na Copa Libertadores, marcada para 7 de março, em Buenos Aires, contra o Huracán – a pedido das forças de segurança, não haverá rodada do Mineiro durante o Carnaval, entre 2 e 5 de março, pois só em Belo Horizonte são esperados três milhões de turistas.

ZAGA A partida com a URT também servirá para Mano Menezes definir o substituto de Dedé, que cumprirá suspensão por ter sido expulso no jogo de volta das quartas de final da Libertadores do ano passado, contra o Boca Juniors, no Mineirão. Murilo larga na frente, mas não tem escalação garantida. A outra opção é Fabrício Bruno.

“Nem sempre quem larga na frente chega na frente. Temos de ver, vamos enfrentar um time forte na bola aérea e podemos ter uma decisão um pouquinho diferente lá no final. O importante é chegar lá na frente bem. O certo é que quem jogar em Patos vai jogar contra o Huracán-ARG”, explica o treinador celeste.

A preparação para enfrenta a URT começa hoje pela manhã, quando os jogadores se reapresentam na Toca da Raposa II. Ontem, houve folga, menos para quem está em recuperação, como Thiago Neves, que postou vídeo em rede social entrando no CT celeste logo cedo.


ESTRELADAS...
MUDANÇA DE DATA

3 de abril
é a nova data da partida entre Cruzeiro e Emelec, pela Libertadores. Para adequar o calendário da competição continental ao da Fifa, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) alterou algumas datas e a partida da Raposa contra a equipe equatoriana, inicialmente agendada para 27 de março, será em 3 de abril, no Estádio George Cawpell, em Guayaquil.

TIME FEMININO
Bárbara Fonseca será coordenadora da equipe feminina do Cruzeiro. Ela ocupava o cargo no América desde julho de 2015, tendo implantado a categoria no Coelho e colhendo bons frutos, como o tricampeonato mineiro. Assim, deverá se acelerar o processo de formação da equipe feminina da Raposa, exigência para que qualquer clube dispute competições da Conmebol.


Publicidade