Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Cruzeiro goleia o Tupynambás e cola no América, líder do Mineiro

Com atuações destacadas de Rodriguinho e Marquinhos Gabriel, Raposa vence por 3 a 0 e decidirá a liderança com o Coelho domingo, no Horto


postado em 11/02/2019 05:04

Rodriguinho comemora seu primeiro gol com a camisa celeste, numa tarde em que Fred e Rafinha também balançaram as redes no Mineirão(foto: Fotos: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Rodriguinho comemora seu primeiro gol com a camisa celeste, numa tarde em que Fred e Rafinha também balançaram as redes no Mineirão (foto: Fotos: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)



O Cruzeiro tem aproveitado bem os primeiros jogos da temporada para deixar seus reforços à vontade em campo. Ontem, no triunfo sobre o Tupynambás por 3 a 0, no Mineirão, pela sexta rodada do Mineiro, dois jogadores que chegaram há menos de um mês se destacaram: Marquinhos Gabriel, que deu uma assistência na medida para Fred abrir o placar, e Rodriguinho, que balançou as redes pela primeira vez com a camisa celeste e deu uma assistência para Rafinha fechar o placar.

A atuação dos dois ajudou o Cruzeiro a chegar aos 14 pontos, dividindo a liderança com o América, mas em desvantagem no saldo de gols. Os times são os únicos invictos da competição e medirão forças domingo, às 17h, no Independência. O duelo será especial para o técnico Mano Menezes, que completará 200 jogos no comando da Raposa. Pesa a favor da equipe celeste a semana inteira de treinos, enquanto o Coelho inicia hoje uma via-crucis para chegar a Boa Vista-RR, onde enfrentará o São Raimundo na quarta-feira, às 21h30, pela Copa do Brasil.

Marquinhos Gabriel e Rodriguinho ganharam chance no time titular ontem com as ausências de Robinho e Thiago Neves. O primeiro faz trabalho físico para equilíbrio muscular. Já a situação de Neves é um pouco mais séria: ele sofreu um estiramento na panturrilha direita, a mesma que machucou na pré-temporada, mas em região diferente. Foi preservado e não tem previsão de retorno.

Os reforços se mostraram bem à vontade. No primeiro tempo, Marquinhos Gabriel atuou pela esquerda, com Rafinha pela direita e Fred centralizado. Aos 15min, Gabriel avançou e cruzou rasteiro, na medida, para o camisa 9 empurrar para as redes. A equipe celeste administrou a vantagem até ampliar, aos 45, com Rodriguinho aproveitando cruzamento de Rafinha.

“Feliz de ter o primeiro contato com a  torcida, fazer bom jogo, gol, dando passe... Fico feliz em colaborar”, afirmou Rodriguinho, que na próxima rodada vai reencontrar o  América, time que o projetou. “O jogo vai ser no Independência, lugar onde fui muito feliz. Tenho respeito pelo América, mas quero colocar meu nome na história do Cruzeiro.”

 

 

TRANQUILIDADE Cruzeiro e Tupynambás não se enfrentavam desde 1962, quando a Raposa goleou por 6 a 0 em amistoso na Alameda. As duas equipes haviam disputado apenas oito jogos até ontem, com cinco vitórias celestes, duas do Tupynambás e um empate. Curiosamente, foi a primeira vez que o time de Juiz de Fora atuou no Mineirão. O técnico Felipe Surian mandou a campo uma formação experiente, com os irmãos Leo e Leandro Salino na marcação e o centroavante Ademílson, de 44 anos, à frente. Mas a equipe não ofereceu riscos aos cruzeirenses.

Aos 15min do segundo tempo, Rodriguinho retribuiu assistência de Rafinha., cruzando da esquerda, e o camisa 7 teve tranquilidade para marcar. Pouco depois, Rodriguinho foi aplaudido ao ser substituído por Jadson.

Mano Menezes destacou a defesa do Cruzeiro, que saiu de campo pelo segundo jogo seguido sem sofrer gols, e do entrosamento de Rodriguinho e Marquinhos Gabriel com o grupo.  “A gente conhecia os dois, de ver e de sofrer quando jogava contra. Temos uma maneira simples, bem estruturada de jogar, isso facilita para quem chega”, afirmou.


FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 3 X 0 TUPYNAMBÁS

Cruzeiro: Fábio; Edilson, Dedé, Leo e Egídio; Henrique, Lucas Romero, Rafinha (Renato Kayzer 37 do 2º), Rodriguinho (Jadson 28 do 2º) e Marquinhos Gabriel; Fred (Raniel 18 do 2º)
Técnico: Mano Menezes
Tupynambás: Renan Rinaldi; Gustavo, Adriano, Felipe Gregory e Lucas Hipólito; Leo Salino, Leandro Salino, Marcel e Geovani (Matheus Pimenta 13 do 2º); Igor Soares (Téssio 23 do 2º) e Ademílson (Eraldo 29 do 2º)
Técnico: Felipe Surian
Sexta rodada do Campeonato Mineiro
Estádio: Mineirão
Gols: Fred 15 e Rodriguinho 44 do 1º; Rafinha 15
Árbitro: Gabriel Murta Barbosa Maciel
Assistentes: Leonardo Henrique Pereira e Welington Pereira Neto
Cartão amarelo: Leandro Salino, Lucas Hipólito, Egídio e Felipe
Pagantes: 11.021
Renda: R$ 166.735
Próximos jogos: América (f), URT (f) e Tombense (c)


Publicidade