Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Sem direito a vacilo

Depois de ceder empate na última partida após estar duas vezes em vantagem, Cruzeiro tenta reencontrar o equilíbrio diante do Villa, que ainda não venceu na competição


postado em 03/02/2019 05:04

Para o centroavante Fred, time celeste terá crescimento gradativo:
Para o centroavante Fred, time celeste terá crescimento gradativo: "ei que posso melhorar muito mais ainda" (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press - 12/1/19)

Em seu segundo compromisso consecutivo fora de casa, o Cruzeiro volta a Nova Lima depois de seis anos para encarar o Villa Nova hoje, às 17h, no Alçapão do Bonfim, pela quinta rodada do Campeonato Mineiro. Ainda em fase de ajustes na temporada, o time de Mano Menezes terá dois objetivos ao encarar um adversário que ainda não venceu: se reabilitar do tropeço com o Boa por 2 a 2, em Varginha – quando esteve duas vezes à frente no placar – e ganhar mais entrosamento.

A última vez em que a Raposa atuou no acanhado estádio terminou com fácil vitória celeste por 4 a 0, pela semifinal de 2013, com gols de Diego Souza (2) e Éverton Ribeiro (2). Nos últimos anos, o Leão não mandou as partidas contra os celestes em seu estádio por falta de boa iluminação e estrutura para a transmissão pela TV, apelando para palcos como Arena do Jacaré e Mineirão.

Se vencer como visitante, o Cruzeiro pode até terminar a quinta rodada na liderança (depende também de derrota do América diante do Patrocinense, no mesmo horário, em Patrocínio). Encerrar a fase de classificação em primeiro pode ser fundamental na etapa de mata-mata, já que quem estiver na dianteira será campeão estadual com dois empates ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols nas semifinais e na decisão.

Além da busca pelo resultado, Mano Menezes quer ver a equipe numa crescente a cada rodada. Na visão do atacante Fred, a evolução virá somente quando todo o grupo estiver 100% fisicamente: “O Cruzeiro se reforçou bem, em cada posição tem dois ou três jogadores de muita qualidade que podem ser usados em momentos de desgaste, mas o que a gente sente mais no início é a parte física. Vão se passando os jogos e vai melhorando o físico, a parte técnica, o entrosamento, a bola assusta menos, já começamos a ter um domínio melhor, a confiança aumenta e vai dando tudo certo”.

O atacante de 35 anos vive alto-astral depois de marcar gols contra Atlético e Boa. Ele espera se livrar de vez dos problemas médicos para melhorar os números com a camisa celeste – foram seis gols em 18 compromissos. “Minha meta é estar lá dentro de campo. Tenho pedido muito a Deus para me proteger de todo mal, de toda queda, torção, pancada, lesões, porque comigo lá dentro de campo e com a qualidade que o nosso time tem as coisas tendem a fluir. O início está sendo razoavelmente bom para mim. Mas eu sei que posso melhorar muito mais ainda. Há expectativa de coisas melhores. Lógico que não é fácil”. No ano passado, o artilheiro enfrentou uma lesão muscular, além de uma cirurgia no joelho direito que o fez perder boa parte da temporada. Neste ano, fraturou o nariz num jogo-treino com o Coimbra, no mês passado.

VOLTA DO XERIFE O Cruzeiro terá o retorno do zagueiro Dedé. O camisa 26, livre de suspensão, retoma o lugar de Murilo, expulso contra o Boa. Mano deve preservar alguns titulares, evitando desgaste muscular. Quem deve ganhar chance é Rafinha, poupado em Varginha. O armador Rodriguinho, recém-contratado, ficaria alguns dias a mais se preparando fisicamente, mas pode ser a surpresa no segundo tempo.


O adversário
Em busca de reação

Lanterna do Campeonato Mineiro, o Villa Nova tenta se reerguer sob o comando do técnico Eugênio Souza, que assumiu a equipe recentemente no lugar do demitido Fred Pacheco. Depois de resultados ruins nas rodadas iniciais, a equipe já apresentou evoluções no empate com o Tupi por 1 a 1, em Juiz de Fora, o que deixou a torcida mais confiante. O duelo com o Cruzeiro deve marcar a estreia do zagueiro Marquinhos Lopes (ex-Resende), cujo nome foi regularizado na CBF sexta-feira. A aposta do treinador para conseguir bom resultado nesta tarde é a manutenção da base que encarou o Tupi.


Villa Nova
Georgemy; Renato Bruno, Marquinhos Lopes, Gabriel e Iury; Eurico, Denilson e Hiwry; Cassiano, Diney e Elias
Técnico: Eugênio Souza

Cruzeiro
Fábio; Edílson, Leo, Dedé e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Thiago Neves, Rafinha (Robinho) e Marquinhos Gabriel (David); Fred (Raniel)
Técnico: Mano Menezes

Quinta rodada do Campeonato Mineiro

Estádio: Castor Cifuentes
Horário: 17h
Árbitro: Igor Júnio Benevenuto
Assistentes: Sidmar dos Santos Meurer e Magno Arantes Lira
TV: Globo


Publicidade