Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Cruzeiro tem meio-campo concorrido

Apresentado oficialmente ontem, Rodriguinho acirra a concorrência em posição que conta com nomes de peso como Thiago Neves e Robinho


postado em 30/01/2019 05:02

Rodriguinho diz não ver problema em atuar ao lado de jogadores que têm características parecidas com a dele, caso de Thiago Neves(foto: Cruzeiro/Divulgação)
Rodriguinho diz não ver problema em atuar ao lado de jogadores que têm características parecidas com a dele, caso de Thiago Neves (foto: Cruzeiro/Divulgação)



A chegada de Rodriguinho, apresentado ontem à tarde, acirra a disputa por vagas no meio-campo celeste e gera dúvidas sobre o esquema a ser usado pelo técnico Mano Menezes em 2019. O ex-jogador do América e do Corinthians, que estava no Pyramids, do Egito, tem características semelhantes às de Thiago Neves, titular absoluto desde que chegou à Toca da Raposa, há quase dois anos – e que a partir desta temporada vestirá a camisa 10, que era do agora flamenguista De Arrascaeta.


O treinador pode simplesmente colocar o novo contratado na vaga do uruguaio, com Rafinha, que vem jogando bem, voltando para o banco de reservas. Mas existe a possibilidade de trocar o esquema, dando mais liberdade a um dos armadores, enquanto os outros dois ficariam mais contidos, auxiliando os dois volantes e os laterais.


No que depender do novo reforço celeste, não há problema em atuar em qualquer das posições do meio para frente. Afinal, foi assim no Corinthians, no qual atuou como segundo volante, armador e até atacante. Rodriguinho não vê problema nem mesmo em dividir a armação com Thiago Neves. “No Corinthians, eu e Jadson fazíamos a mesma função e provamos que podíamos jogar juntos, o time funcionou. Então, acho que não há problema. E não é só o Thiago Neves (que é concorrente), tem muitos outros jogadores de qualidade. Caberá ao Mano Menezes decidir como escalar o time”, afirmou o jogador, que usará a camisa 23 e que tem como trunfo o fato de sua contratação ter sido pedida pelo treinador.


Nesta temporada, quando escalou time misto, Mano usou esquemas um pouco diferentes. Na vitória por 1 a 0 sobre o Patrocinense, há uma semana, foram três volantes, um armador e dois atacantes.


O importante, segundo Rodriguinho, é o pensamento vencedor e a disposição para trabalhar. Isso, segundo ele, foi o que o fez aceitar a proposta do Cruzeiro, mesmo tendo sido procurado por outros clubes. “Pelo pouco tempo que estou aqui já deu para perceber que a Libertadores e o Mundial são ambição de todos. Quando apareceu a oportunidade, liguei para o (lateral-direito) Edílson, com quem joguei no Corinthians, e ele me passou informações valiosíssimas sobre o projeto, o grupo, o desejo de todos de continuar ganhando. Primeiramente, vamos buscar a Libertadores, que não é fácil, mas, se a gente mantiver a concentração, temos condições de buscar, assim como todos os campeonatos que disputarmos”, declarou.


Como não teve férias em função do calendário egípcio, o armador se considera em boas condições físicas e técnicas. Porém, sabe que as exigências no futebol brasileiro são diferentes e, por isso, prefere não prever a data da estreia, ainda que o desejo seja estar em campo já amanhã, quando o Cruzeiro visita o Boa, em Varginha, pela quarta rodada do Campeonato Mineiro

TRABALHO TÉCNICO Ontem, Rodriguinho e outro recém-contratado, o lateral-esquerdo Dodô, fizeram o primeiro treino em campo com os novos companheiros. Foi uma atividade técnica, de valorização de posse de bola. Quem ficou fora foi Rafinha, que trabalhou na academia. A definição da equipe será hoje à tarde, em treino à tarde. A viagem para o Sul de Minas, em voo fretado, será amanhã cedo, com o retorno na manhã de sexta-feira.


Publicidade