Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Rodada dupla no Minas, e Praia tenta se manter na ponta

Arena Minas terá dois jogos nesta terça-feira: às 17h, pela Superliga Masculina, e, às 19h30, pela Feminina. Líder, equipe do Triângulo recebe o Brasília


postado em 29/01/2019 05:02

Técnico do Minas, Stefano Lavarini vai deixar a equipe ao fim da Superliga, para dirigir a Seleção Coreana(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
Técnico do Minas, Stefano Lavarini vai deixar a equipe ao fim da Superliga, para dirigir a Seleção Coreana (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)

 

O vôlei mineiro segue em evidência no cenário nacional. Hoje, às 19h30, tanto o líder da Superliga Feminina, o Praia, como o vice, o Minas, estarão em ação. O time do Triângulo receberá o Brasília (10º) enquanto a equipe da capital encara o Sesi (4º), em casa. Para os fãs minas-tenistas, a atração será em dose dupla, já que às 17h, na preliminar na Arena Minas, o time masculino, vice-campeão da Copa Brasil, enfrentará o São Bernardo-SP.

O técnico do Praia, Paulo Coco, sabe que a disputa mineira está acirrada e diz que a ordem para suas comandadas é manter a liderança – o time de Uberlândia tem 36 pontos, apenas um a mais que o Minas. “Temos de pensar na próxima fase, por isso é importante terminar a fase de classificação em primeiro lugar, para decidirmos, sempre, em casa”, destaca.

Mas, no Minas, o pensamento é o mesmo: ser o primeiro colocado. No entanto, vai encarar, nesta noite, um adversário bem mais complicado que o do Praia. A confirmação da ida do técnico Stefano Lavarini para a Seleção da Coreia do Sul não mudou nada no clube, uma vez que o treinador só se apresentará à equipe asiática após o término da Superliga. “Quero ressaltar que, até o meu último dia aqui, meu comprometimento com os objetivos que queremos alcançar com o Minas será sempre máximo”, afirma Lavarini. Como seu contrato com a Seleção Coreana vai até outubro, ele pode até voltar a dirigir o Minas para a próxima temporada. “O mais importante agora é a Superliga e queremos, sim, estar na decisão.”

PRELIMINAR
Derrotado na final da Copa Brasil pelo Cruzeiro, domingo, o time masculino do Minas vê o jogo de hoje como o da recuperação. Apesar de a derrota para o maior rival, ter chegado à final da competição serviu para aumentar a confiança do grupo. “Tiramos qualquer dúvida e subimos o nosso patamar de confiança com a Copa Brasil. Sabemos que o grupo é capaz de brigar pelas primeiras posições também na Superliga”, disse o oposto Davy, um dos destaques do time na Copa Brasil.

Os portões da Arena Minas serão abertos às 16h e o ingresso valerá para a rodada dupla, desde que o torcedor não saia do ginásio. Os bilhetes custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). As duas partidas serão transmitidas pelo Sportv.


Publicidade