Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Vencer para embalar

Em busca do segundo triunfo consecutivo, o América recebe o Tupi, que ainda não ganhou na competição. Variação tática no decorrer das partidas tem feito a diferença no Coelho


postado em 27/01/2019 05:08

Marcelo Toscano vai comandar o ataque americano: ele marcou um dos gols na vitória de quinta-feira (foto: ALEXANDRE GUZANSHE/EM/D.A PRESS )
Marcelo Toscano vai comandar o ataque americano: ele marcou um dos gols na vitória de quinta-feira (foto: ALEXANDRE GUZANSHE/EM/D.A PRESS )

 

 




Conquistar a segunda vitória para se manter no grupo de elite do Campeonato Mineiro é o desafio do América, que enfrenta o Tupi, às 17h, no Independência. O Coelho vem de triunfo sobre o Villa Nova por 3 a 0, enquanto na rodada passada o adversário perdeu o clássico de Juiz de Fora para o Tupynambás por 1 a 0.

Nos dois jogos do Coelho, a equipe teve desempenho decisivo na etapa final, igualando o placar diante da Caldense e marcando nos 45 minutos restantes os gols contra o Leão do Bonfim. “Eu procuro observar o adversário no primeiro tempo. No intervalo, passo as observações aos jogadores e modifico alguma coisa que julgar necessário. Deu certo até aqui e espero que continue assim”, afirma o técnico Givanildo Oliveira, exaltando o poder de reação do grupo. Em ambas as situações, ele não só alterou a postura em campo como fez substituições pontuais.

O treinador cita como exemplo o jogo de quinta-feira, quando, no primeiro tempo, o Villa Nova não deu espaços nem a Matheusinho nem a Marcelo Toscano. “Fiz uma mudança no posicionamento dos dois, que começaram a render mais e foram determinantes na vitória.”

Autor do primeiro gol contra o Villa, Júnior Viçosa vai ganhando a confiança de Givanildo, que vai mantê-lo para essa partida. Os dois jogadores que entraram no segundo tempo, Felipe Azevedo e Jonatas Belusso, também vêm sendo elogiados pelo técnico. “É importante termos um grupo, não só titulares. Os que estão de fora, quando entrar, têm de corresponder e isso aconteceu com os dois.”

O ADVERSÁRIO

 

Mesmo vindo de derrota, o técnico Ailton Ferraz mantém o otimismo, atribuindo “a detalhes” o resultado adverso diante do Tupynambás. “Eu acho que a gente está no caminho. Estamos crescendo. Fomos melhores no segundo tempo e tivemos chance de empatar e até de virar, mas erramos. Não podemos repetir os erros de finalização daqui pra frente. Apesar da derrota, houve evolução e precisamos seguir nesse ritmo.”

O treinador disse ainda que um triunfo hoje seria essencial para os objetivos da equipe. “Não podemos perder pontos tão facilmente. Por isso, um resultado positivo hoje nos faria subir na classificação e nos aproximar do nosso objetivo, que é estar nas semifinais.”



América
Fernando Leal; Leandro Silva, Paulão (Messias), Diego Jussani e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho e Matheusinho; Neto Berola, Júnior Viçosa e Marcelo Toscano
Técnico:
Givanildo Oliveira

Tupi
Ricardo Villar; Afonso, Aislan, Arthur Sanches e Emerson; Diego Gomes, Eduardo Nardini, Fábio Henrique; Ragelli (Yago), Gabriel Costa e Saulo
Técnico:
Ailton Fernandes

Terceira rodada do Campeonato Mineiro


Estádio: Independência
Horário: 17h
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira
Assistentes: Frederico Soares Vilarinho e Pedro Araújo Dias Cotta
TV: Globo






Técnico novo


Depois de anunciar Paulo César Catanoce para substituir Fred Pacheco, o Villa Nova acabou fechando com Eugênio Souza. Ele assume hoje no jogo com o Guarani, às 16h, no Castor Cifuentes. A obrigação é reagir, após duas derrotas consecutivas no Mineiro. Já o Bugre, também em situação delicada, tem apenas 1 ponto. Demais jogos, às 17h: Caldense x Patrocinense, no Estádio Ronaldo Junqueira, em Poços de Caldas, e URT x Tombense, no Zama Maciel, em Patos de Minas.


Publicidade