Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Reforçado. E virá mais


postado em 04/01/2019 05:02

O lateral-direito Guga (D) foi uma das caras novas na Cidade do Galo: time deve ter a zaga toda reformulada(foto: ALEXANDRE GUZANSHE/EM/D.A PRESS)
O lateral-direito Guga (D) foi uma das caras novas na Cidade do Galo: time deve ter a zaga toda reformulada (foto: ALEXANDRE GUZANSHE/EM/D.A PRESS)


Em dia de poucas caras novas e de reencontro dos remanescentes do ano passado, o Atlético ainda se movimentava para fechar mais negociações e finalmente consolidar a lista de jogadores que participarão da temporada, incluindo os inscritos para a Copa Libertadores. Últimos reforços confirmados, o zagueiro Igor Rabello e o volante Jair fizeram exames e solucionaram as pendências burocráticas para assinatura de contrato com o clube. Mas a expectativa dos dirigentes é que pelo menos mais duas contratações possam aparecer na Cidade do Galo.

Depois de dias de negociações, o clube mineiro finalmente acertou com o Botafogo para a compra dos direitos econômicos de Igor Rabello, que firmará compromisso por quatro temporadas. O jogador de 23 anos já vinha sendo observado desde 2018, quando foi um dos destaques do time carioca. Jair, por sua vez, conseguiu na Justiça a rescisão indireta com o Sport, seu ex-clube, por falta de pagamentos na área trabalhista. Para que tudo seja resolvido, falta apenas o resultado do exame médico.

Com as chegadas de Igor e Réver, anunciado anteriormente, o Galo fecha a zaga para 2019. O capitão Leonardo Silva, de 39 anos, cuja aposentadoria deve ocorrer ao fim do Campeonato Mineiro, elogia a qualidade dos reforços: “Eles fizeram excelentes temporadas em seus clubes. Réver está em excelente forma e contribuirá com experiência e qualidade. E o Igor se destaca por tudo o que ele fez com o Botafogo. Chegarão para contribuir e fortalecer o sistema, para que a equipe continue forte e consiga os objetivos na temporada”.

Na reapresentação da equipe, o vice-presidente Lásaro Cândido da Cunha foi o responsável por dar as boas vindas ao grupo. Na conversa estiveram presentes também o diretor de futebol Marques, o técnico Levir Culpi e o auxiliar Luiz Matter. Já o presidente Sérgio Sette Câmara está em viagem ao exterior.

O dirigente, aliás, tenta internamente agilizar a chegada dos últimos reforços 2019. O atacante Papagaio, de 19 anos, do Palmeiras, está apalavrado com o Galo numa troca com Marcos Rocha, que ficará em definitivo no Palmeiras. Mais um armador está nos planos. Entre dispensas, a diretoria confirmou ontem o empréstimo do atacante Denílson para o Al Faysali, da Arábia Saudita. O jogador tem cinco anos de contrato e poucas vezes foi aproveitado na última temporada.

MARCA PRÓPRIA Sem acordo com a Caixa Econômica Federal, o Atlético teve mudança no uniforme usado por jogadores e comissão técnica em relação ao ano passado. No lugar do banco, foi estampada a marca da GaloCoin, moeda criptografada do clube, lançada no mês passado. Para o lugar da Caixa, que pagou R$ 11 milhões em seu último ano de contrato – falta quitar cerca de R$ 3 milhões da última parcela –, o Galo deve firmar contrato com o Banco Intermedium, o mesmo que patrocina o São Paulo.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade