Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

O retorno de Nadal


postado em 28/12/2018 05:05

Rafael Nadal disputou sua última partida em 7 de setembro, quando abandonou o US Open(foto: Julian Finney/Getty Images/AFP - 7/9/18)
Rafael Nadal disputou sua última partida em 7 de setembro, quando abandonou o US Open (foto: Julian Finney/Getty Images/AFP - 7/9/18)



Sem competir desde o início de setembro, Rafael Nadal mostrou confiança ontem quanto ao seu preparo físico. O tenista espanhol garantiu que estará 100% para o Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam do ano, que terá início em 14 de janeiro. Nadal voltará a jogar, ainda que não oficialmente, nesta semana, num torneio de exibição em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

“Eu comecei (a pré-temporada) há duas semanas e estou indo degrau a degrau. Quero apenas estar certo de que estou evoluindo, sem dar passos para trás. Sei que terei tempo para ficar pronto para jogar em Melbourne em condições 100%”, declarou o atual número dois do mundo.

Questionado sobre qual seria sua condição atual, de zero a 10, o espanhol se esquivou: “Eu não sei. Não sou muito bom com números”. Nadal não joga uma partida oficial desde que abandonou a semifinal do US Open, contra o argentino Juan Martín del Potro, no início de setembro. Uma lesão no joelho direito impediu que jogasse a partida até o fim.

Afastado, aproveitou a distância das quadras para fazer uma cirurgia no tornozelo por conta de uma contusão antiga. O tenista de 32 anos, assim, voltou às quadras para treinar somente neste mês de dezembro.

Recuperado dos problemas físicos, o dono de 17 títulos de Grand Slam disse estar satisfeito com sua evolução nestas últimas semanas. “Mas é claro que preciso provar a mim mesmo como estou nas competições. E espero que jogar aqui (em Abu Dhabi) seja os primeiros passos”, afirmou.

DJOKOVIC O torneio em Abu Dhabi também vai marcar o retorno do sérvio Novak Djokovic, que brilhou na temporada ao terminar o ano como o número 1 do mundo, após os títulos de Wimbledon e do US Open. Ontem, ele exaltou sua performance, principalmente após superar uma cirurgia no cotovelo direito, em fevereiro.

“Foram 12 meses empolgantes. No ano passado, aqui, eu ainda estava lesionado. Sou grato porque esta temporada me ensinou muito sobre mim mesmo, como pessoa e tenista. Eu precisei virar a mesa a meu favor neste ano”, declarou o líder do ranking. O evento também terá a presença das irmãs Serena e Venus Williams.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade