Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Entradas

Broa temperada de fubá de canjica

Receita fornecida por Rita Raquel Belo de Paula, de São Gonçalo do Pará: (37) 9941-6615


postado em 13/01/2017 08:30

Ingredientes:

- 6 ovos

- 250 ml de leite

- 250 ml de óleo

- 1 colher (sobremesa) de sal

- 1 cebola média ralada

- 1 copo e meio (americano) de fubá de canjica

- Meio pimentão verde, pequeno, picado

- Cheiro-verde a gosto

Tradição:

- Há 80 anos nas mãos da mesma família, os doces São Gonçalo, em São Gonçalo do Pará, são sinônimo de qualidade. Desde o preparo à confecção das embalagens de madeira, o processo é feito de forma quase totalmente artesanal. Contato: (37) 3234-1235.

Modo de Preparo:

Bater no liquidificador o leite, os ovos, o óleo e o sal. Despejar em um recipiente e misturar a cebola, o pimentão e o cheiro-verde. Pôr, aos poucos, o fubá, e misturar até a massa ficar homogênea e no ponto de enrolar. Com as mãos untadas, fazer bolinhas no tamanho desejado e assar por uma hora, em forno pré-aquecido a 190 graus.



Sonhos no tabuleiro

Quando os ponteiros se aproximam das 17h, o relógio biológico parece exigir um bom cafezinho para dar nova energia ao corpo. E é na comunidade rural Quilombo do Gaia, ainda em São Gonçalo do Pará, que o pedido é atendido sem cerimônias e da maneira que a hospitalidade mineira manda. Quem vem acalmar os anseios dos viajantes é a quitandeira Rita Raquel Belo de Paula, que prepara uma mesa de café capaz de fazer os mais apressados esquecerem qualquer compromisso.

Do enorme forno exala o aroma que perfuma a casa. A imaginação trabalha para adivinhar que delícias surgirão dali e, no momento de abrir a porta, as iguarias superam as mais famintas expectativas. Rita olha com orgulho para os tabuleiros e se recorda do esforço para conseguir trabalhar por conta própria, depois de deixar o emprego de caseira em um sítio. O forno que ela administra com maestria tem capacidade para 25 tabuleiros e de lá saem pães de batata e de queijo, biscoitos de polvilho e as famosas broinhas temperadas, responsáveis por dedos e bocas queimados de quem não resiste e ataca a iguaria quando ela ainda está soltando fumaça.

A receita singela surpreende, porém não mais que a simplicidade de Rita, que sabe pôr nas quitandas a medida certa de sua força, determinação e doçura.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade