Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Aperitivos

Buchinho recheado

Receita fornecida por Antônio Benjamin Filho, de Divinópolis: (37) 9111-2025


postado em 13/01/2017 08:40

Ingredientes:

- 1 buchinho de porco (parte menor do estômago) bem limpo

- 1 kg de pernil suíno moído

- 200 g de bacon picado

- Tempero caseiro (alho e sal) e pimenta-do-reino a gosto

- Meio copo (americano) de fubá

- 1 limão

- Água

- Banha para fritar

Material

- Linha e agulha grossa

Ferro:

- As panelas de ferro da marca Panela Mineira aliam tradição à sofisticação, conferindo charme à cozinha e sabor único às receitas. A Fumil, responsável pela fundição das peças em Divinópolis, atua há mais de 30 anos no segmento. Contato: (37) 3214-1314.

Modo de Preparo:

Lavar bem o buchinho e, com uma faca, raspá-lo até que fique com ao interior liso. Passar fubá na peça e deixá-la de molho na água com limão por duas horas. Retirar o buchinho e lavá-lo em água corrente. Levá-lo ao fogo com água suficiente para cobrir e retirar assim que levantar fervura. Desprezar a água. Em uma vasilha, misturar a carne crua, o bacon e os temperos e rechear o buchinho. Costurar, de moldo que fique bem fechado.

Fritar em banha suficiente para cobrir o buchinho, por duas horas, em fogo baixo. Servir com mandioca.



Da roça para a mesa

Para saborear o tempero da comida de boteco de Divinópolis não é preciso, necessariamente, estar no centro urbano. Em distritos como Djalma Dutra, aonde se chega por estrada de terra, receitas das mais variadas fazem jus à fama do município, atraindo gente de todas as partes. No Bar Tonho do Beijo, por exemplo, fica até difícil achar mesas vazias no fim de semana. Não que o espaço seja pequeno. Pelo contrário, trata-se de um terreiro enorme, com pés de siriguela e manga, que abrigam em suas sombras mesas feitas de madeira.

O bar foi adaptado à casa onde morava o avô de Antônio Benjamin Filho, dono do estabelecimento. Quando começou, o negócio era o único comércio do distrito. "O pessoal não tinha como ir à cidade e aqui se vendia de tudo", conta. Do avô, a casa foi passada para o pai e agora Antônio cuida do negócio. No cardápio, além dos clássicos, como batata frita e torresmo, há legítimos pratos da roça, como o buchinho de porco recheado.

Fez cara feia? Pois desfaça. Para tornar o prato mais suave, o mineiro adaptou a receita dos avós e, em vez de rechear com miúdos, usa carne moída e bacon. O gosto surpreende e faz qualquer receio se transformar em vontade de repetir.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade