Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Doces e sobremesas

Bananada

Receitas fornecidas por Dirce Maria Pereira de Andrade, de Passos: (35) 3526-6831


postado em 23/12/2016 08:10

Ingredientes:

Ingredientesbananada:

- 2,5 kg de banana-nanica

- 2,5 kg de banana-marmelo

- 3,5 kg de açúcar cristal, mais o suficiente para cristalizar o doce depois de pronto

- 10 litros de água

- 5 ml de cloro

Ingredientesdoce de leite com figo:

Para o doce de leite

- 10 litros de leite

- 3 kg de açúcar cristal

Para o doce de figo

- 5 kg de figo sem a pele

- 2 kg de açúcar

- Água para cozinhar

Natural

:

- A Rapadura Caiana é produzida há 10 anos no Sítio Formoso da Serra, em Passos, em processo artesanal repassado há mais de três gerações. A responsável pelo sabor diferenciado da iguaria é Silvia Dutra, com o pai, João Bento. Experimente. Contato: (35) 3522-4013.

Modo de Preparo:

Lavar as bananas inteiras em água corrente e deixá-las de molho, por 10 minutos, na água com cloro. Passar as bananas com a casca em um moedor e levar ao fogo alto com o açúcar, em um tacho de cobre. Deixar cozinhar, mexendo, até dar para ver o fundo. Despejar a mistura em uma superfície lisa e espalhar para que fique na espessura desejada. Assim que esfriar, cortar em pedaços no tamanho desejado e passar no açúcar.



Como fazer doce de leite com figo

Os dois doces devem ser feitos ao mesmo tempo. Para o doce de leite, levar os ingredientes ao fogo alto, em tacho de cobre, mexendo sempre, por cerca de duas horas, ou até ficar consistente. Para o doce de figo, cozinhar o fruto inteiro em tacho de cobre, com água suficiente para cobrir, até que ele fique macio. Durante o cozimento, cobrir os frutos com um pano de prato dentro da panela. Escorrer a água e, de volta ao fogo, pôr o açúcar e mais três litros de água.

Deixar cozinhar até que a calda dê ponto de fio (obtida quando escorre da colher, formando um fio). Passar os figos em uma peneira, desprezando a calda, e em seguida em um triturador. Juntar o figo ao doce de leite e levar a mistura ao fogo, mexendo até desprender da panela. Desligar o fogo e mexer até que fique morno. Espalhar em uma superfície lisa e cortar no tamanho desejado.



Segredos da roça

Desvendar sabores e aromas de algumas das cidades que compõem o circuito Nascentes das Gerais é a missão desta edição do Sabores de Minas. Tarefa difícil, por causa da riqueza cultural e gastronômica da região, mas cheia de surpresas e descobertas ao longo da viagem. A primeira aparece na cidade de Passos, a 356 quilômetros de Belo Horizonte, e já dá pistas para a identificação do amor pelas tradições e pelos frutos da terra, cultivados pela gente do Sudoeste mineiro.

Dirce Pereira de Andrade traduz esse sentimento. De origem rural, a doceira aprendeu a aproveitar com sabedoria o que a natureza produz e o resultado são iguarias de encher os olhos e satisfazer o paladar. "A mulher da roça tem a vantagem de aprender a fazer essas receitas, pois sempre há frutas e leite", conta. Ela tem uma fábrica artesanal de doces, a Artdoce, a primeira na cidade, e, por isso, é a representante e porta-voz do segmento em eventos nacionais.

São mais de 40 variedades de produtos, entre compotas, doces em barra e licores, preparados da mesma maneira há séculos: no fogão a lenha e no tacho de cobre. Mas Dirce enfrenta entraves para levar ao público um dos produtos de maior sucesso: o doce de leite. "Estamos com dificuldade para fazer produtos de derivados de leite, por causa da legislação." Persistente, ela não desiste de lutar pelas tradições e pelo seu sonho de ampliar a fábrica.

E não faltam candidatos a compor a torcida para que ela alcance os objetivos.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade