Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Café da manhã

Broa de melado

Receita fornecida por Lúcia de Fátima Soares Ferreira, de Manhumirim: (33) 9965-6251


postado em 05/08/2016 08:40

Ingredientes:

- 2 copos (americanos) de fubá

- 2 colheres (sopa) de fermento em pó

- 1 copo (americano) de farinha de trigo

- 3 ovos

- 2 copos (americanos) de melado de cana-de-açúcar

- 1 pitada de sal

- 2 colheres (sopa) de óleo

Ondeficar:

Palace Hotel (33) 3341-2255

Modo de Preparo:

Misturar, com colher de pau, os ingredientes, acrescentando, por último, o fermento em pó, até obter massa de bolo. Untar uma fôrma (de pudim) com óleo, despejar a massa e deixar no forno quente durante uma hora.



Dádiva do forno

Da estrada que conduz à comunidade de Bonfim, a 18 quilômetros de Manhumirim, pode-se avistar o Pico da Bandeira, que, muitas vezes encoberto pelas nuvens, não perde nada de sua imponência e majestade. Cafezais extensos nos morros, trechos de mata atlântica e lavouras de subsistência compõem a paisagem até o sítio da família Ferreira, estabelecida na região há décadas e produtiva como poucas. Na porta da casa, dando as boas-vindas, Lúcia de Fátima, o marido, Djalma, e filhos recebem os viajantes, que, de tanto ouvir falar da broa de melado feita por ela, decidiram trilhar o caminho estreito e experimentar a quitanda.

E valeu a pena! Situado no ponto mais alto do município, a 311 quilômetros de Belo Horizonte, o sítio é a perfeita tradução de aproveitamento da terra: tem frutas, leite, rapadura, melado, galinha, porco e muito trabalho. Com humildade, Lúcia convida para um café com leite na cozinha. A broa já está pronta, cheirosa e bonita como todos imaginavam. Enquanto saboreiam, os viajantes têm oportunidade de conhecer histórias dos antepassados, das conquistas, das crenças e lendas da região.

E, claro, de culinária. "Cozinhar é um prazer, faço com gosto para minha família", diz Lúcia, sempre disposta a aprender novas receitas e a fazer cursos de culinária. Depois da ótima acolhida e dos momentos tão felizes, está na hora de descer a serra e conhecer outras paragens.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade