UAI
Publicidade

Estado de Minas ELEIÇÕES

PSDB marca reunião para convencer Doria a desistir de pré-candidatura

Reunida em Brasília, cúpula do partido conclui que os planos do ex-governador de disputar a Presidência da República são inviáveis


17/05/2022 21:32

O ex-governador de São Paulo, João Doria
Executiva do PSDB aumenta a pressão para Doria retirar pré-candidatura (foto: Divulgação/Confederação Nacional dos Municípios )

Com 38 participantes em uma composição amplamente desfavorável para o pré-candidato à Presidência João Doria, a Comissão Executiva do PSDB em versão ampliada - com a presença de deputados e senadores tucanos - aumentou a pressão contra o ex-governador de São Paulo. Mas o partido não bateu o martelo no sentido de abandonar o ex-governador paulista ou impor uma união com o MDB.
A Executiva decidiu convocar Doria para vir a Brasília ainda nesta quarta-feira, para se encontrar com esse mesmo grupo que se reuniu hoje. A cúpula tucana quer que Doria ouça dos seus correligionários o diagnóstico apurado na reunião, de que a candidatura dele se mostrou inviável. E que tome a iniciativa de abdicar do projeto de se candidatar à Presidência. Doria ainda não informou se atenderá à convocação da Executiva.

"As conversas com o MDB ou com outros possíveis aliados devem continuar, deixando claro que a decisão por uma eventual coligação é da convenção partidária. Mas nós não podemos superar uma etapa sem ouvirmos o candidato João Doria, vencedor das prévias", defendeu o deputado federal Aécio Neves, um dos principais opositores do ex-governador de São Paulo na legenda.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade