Publicidade

Estado de Minas ELEIÇÕES 2022

Lula abre vantagem contra Bolsonaro e pode vencer no 1° turno, diz pesquisa

O petista aparece com 43% das intenções de voto, enquanto o atual presidente está com 29%, segundo levantamento do PoderData


07/07/2021 21:24 - atualizado 07/07/2021 21:25

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido)(foto: Ricardo Stucker/Instituto Lula/Flickr/ Alan Santos/PR)
Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido) (foto: Ricardo Stucker/Instituto Lula/Flickr/ Alan Santos/PR)
A disputa pela presidência nas eleições de 2022 já está a todo vapor e o atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem caído nas intenções de voto. Segundo a pesquisa PoderData, ele é lembrado por 29% dos entrevistados, enquanto o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) dispara na frente com 43%.

Desde o último levantamento, realizado há um mês, os dois apareciam empatados dentro da margem de erro. Bolsonaro com 31% e Lula, 33%. Com isso, o petista abriu sua maior vantagem contra o atual presidente.

A pesquisa mostra que, se a disputa fosse hoje, Lula venceria em primeiro turno. Com 43% das intenções de voto, a soma dos demais adversários é de 44% e, dentro da margem de erro, ele supera mais da metade dos votos válidos.

O ex-presidente também venceria todos os concorrentes em qualquer cenário provável do segundo turno. Lula ficaria 23 pontos à frente de Bolsonaro, vencendo por 55% a 32%. Em uma disputa com o governador João Doria, Lula teria 34 pontos de vantagem, e 33 contra Ciro Gomes.

Já Bolsonaro perderia para ambos os candidatos, mas com uma diferença percentual menor. Doria com 44% e Bolsonaro 39%, enquanto Ciro 45% e o atual presidente com 40%.

A pesquisa foi realizada no período de 5 a 7 de julho de 2021 pelo PoderData, a divisão de estudos estatísticos do Poder360. Foram 2.500 entrevistas em 421 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. Saiba mais sobre a metodologia lendo este texto.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade