Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Jornalista atacada por Bolsonaro é alvo de fake news e se defende

Foto que circula nas redes sociais sobre repórter sem máscara é anterior à pandemia


22/06/2021 22:06 - atualizado 22/06/2021 22:57

Laurene Santos, repórter alvo de insultos nas redes(foto: Reprodução/Instagram)
Laurene Santos, repórter alvo de insultos nas redes (foto: Reprodução/Instagram)

 

Após questionar, em entrevista, o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) sob o uso de máscaras em Guaratinguetá (SP), nesta segunda-feira (21/06), a repórter Laurene Santos, da TV Vanguarda, filiada da Globo, divulgou em suas redes sociais de que uma foto da repórter com o microfone da emissora e sem 

máscara era falsa, por se tratar de um registro antigo. 

“Atenção: Esta foto está sendo compartilhada nas redes sociais com uma informação falsa. O registro foi feito antes da pandemia, na cidade de Aparecida. Aproveito para reiterar meu respeito às inúmeras manifestações de apoio”, comentou em seu Instagram. 

 

 

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) mandou a repórter calar a boca e retirou a máscara em entrevista nesta segunda-feira (21/6). Bolsonaro estava no local para acompanhar a formatura da Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR). E desceu do veículo oficial sem máscara para cumprimentar e abraçar apoiadores que se aglomeravam na frente da escola.

 

 

 

Nesta terça, (22/6), a jornalista também divulgou em suas redes sociais um vídeo em agradecimento às mensagens de apoio que tem recebido após o ataque do presidente. "Quando todos nós olharmos para trás, quando nos perguntarem o que fizemos para ajudar a evitar essa tragédia, cada um de nós terá a sua resposta", escreveu na legenda da publicação. (Com informações de Ana Mendonça)

 

 

 

 

 * Estagiária sob supervisão da subediora Ellen Cristie.  


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade