Publicidade

Estado de Minas SAÚDE

Vítima da COVID-19, Ivair Nogueira precisou dormir em corredor de hospital

Filiado ao MDB e prefeito de Betim nos anos 1990, político viveu agruras impostas pelo colapso do sistema de saúde


31/03/2021 16:57 - atualizado 31/03/2021 17:34

Ivair Nogueira (foto), do MDB, precisou esperar leito em corredor de hospital belo-horizontino(foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press - 7/4/2011)
Ivair Nogueira (foto), do MDB, precisou esperar leito em corredor de hospital belo-horizontino (foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press - 7/4/2011)
Após quase cinco dias internado em uma unidade de terapia intensiva (UTI), o ex-deputado estadual mineiro Ivair Nogueira (MDB) morreu nesta quarta-feira (31/3), por causa do novo coronavírus. Antes de conseguir um leito de enfermaria — setor pelo qual passou até ser encaminhado à UTI —, o político de 69 anos precisou esperar em um corredor do Hospital Madre Teresa, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

Ivair chegou à casa de saúde na madrugada de sexta-feira (26). O Estado de Minas apurou que, até conseguir um leito clínico, o ex-parlamentar aguardou em uma cadeira de espera enquanto era medicado. O político precisou procurar atendimento médico pouco mais de uma semana após receber o diagnóstico positivo para a doença.

Com infecção nos pulmões, chegou a apresentar melhora já na UTI. Nesta terça, contudo, sofreu uma parada cardiorrespiratória e sucumbiu. A piora no quadro clínico já havia feito ele ser intubado.

Ao confirmar a morte do paciente, o Madre Teresa não detalhou o périplo vivido por Ivair. “O ex-deputado deu entrada nesta Instituição na madrugada da última sexta-feira (26) e permaneceu internado em Unidade de Terapia Intensiva (UTI)”, lê-se em trecho de nota enviada à imprensa.

O político, que comandou Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte no início dos anos 1990, esteve no hospital acompanhado por Leia Nogueira, sua esposa, que também testou positivo.

Ivair Nogueira do Pinho, natural de Betim, cidade da Região Metropolitana de BH, nasceu em 6 de novembro de 1951. Também engenheiro, advogado e empresário, foi vice-prefeito de Betim entre 1989 e 1991. No ano seguinte, passou a chefiar o Executivo.

Em 1994, foi eleito parlamentar estadual por seis mandatos. Ele permaneceu na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) até 2019, por seis mandatos. O político teve três filhos.

Assembleia de MG tem dois na UTI

Quem também viveu agonia à espera de um leito foi Coronel Sandro (PSL), desde 2019 na Assembleia Legislativa. Apoiador do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e defensor do “tratamento precoce”, o deputado está no Mater Dei, também em BH, desde a sexta-feira.

Sandro precisou esperar por dois dias até a liberação de uma UTI. “Hoje, estou me sentindo um pouco melhor, conseguindo conversar, mas ainda cansado, o que é esperado nesse momento”, escreveu, nas redes sociais, nesta quarta.

O veterano Luiz Humberto Carneiro (PSDB), outro parlamentar estadual, também está sob cuidados intensivos após ser infectado. Internado em Uberlândia, no Triângulo, o tucano, que chegou a ser líder do governo de Romeu Zema (Novo), foi hospitalizado no início de fevereiro.

 

O que é o coronavírus

Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp



Como a COVID-19 é transmitida?


A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?



Como se prevenir?


A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê



Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal

Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus.

 

Vídeo explica porque você deve aprender a tossir

Mitos e verdades sobre o vírus


Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade