Publicidade

Estado de Minas CÂMARA DOS DEPUTADOS

Lira anula bloco de Baleia Rossi e remarca eleição para Mesa Diretora

Novo presidente da Câmara dos Deputados justificou que chapa do adversário por liderança geral da casa foi registrada fora do prazo de inscrição


01/02/2021 23:54 - atualizado 02/02/2021 00:07

Arthur Lira foi eleito presidente da Câmara dos Deputados com 302 votos(foto: Divulgação/Câmara dos Deputados)
Arthur Lira foi eleito presidente da Câmara dos Deputados com 302 votos (foto: Divulgação/Câmara dos Deputados)
Em seu primeiro ato como presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (Progressistas-AL) anulou o bloco do então adversário à liderança geral da casa, Baleia Rossi (MDB-SP). A justificativa de Lira é que a chapa de Rossi foi registrada fora do prazo de inscrição. Com isso, a votação para os demais cargos da Mesa Diretora foi anulada e remarcada para esta terça-feira (2/2).

Lira foi eleito na noite desta segunda-feira (1/2), com 302 votos. Já Baleia Rossi teve 145 votos. 

Ao todo, 10 partidos formaram o bloco que apoiou Baleia Rossi à presidência da Câmara: PT, MDB, PSDB, PSB, PDT, Solidariedade, PCdoB, Cidadania, PV e Rede. Com a decisão de Arthur Lira de anular a chapa, um novo cálculo terá que ser feito com base na proporcionalidade das bancadas e blocos. 

“Considerando que neste momento apenas o cargo de presidente foi apurado, cargo excluído da proporcionalidade partidária, permitindo a candidatura de qualquer deputado e que nenhuma candidatura apresentada a este cargo foi indeferida. Considerando que ainda não é conhecida a vontade deste soberano plenário, quanto à parte equivocada, relativa aos demais cargos decide tornar sem efeito a decisão que deferiu o registro do bloco”, argumentou Lira.

Com isso, Lira estabeleceu que líderes partidários se reúnam às 11h. Eles devem escolher os cargos a partir da nova divisão. As candidaturas devem ser registradas até 13h, para que a eleição seja realizada às 16h.

"Foi feita a eleição para presidente da casa e, seguindo estritamente o regimento, respeitando todas as questões regimentais da casa, nós anulamos o que foi feito intempestivamente, trazendo para a realidade da casa o fato de que amanhã teremos novas inscrições para Secretaria-Geral da Mesa com autonomia para agir e não seguindo ordens que não devam ser dadas", concluiu o novo presidente da Câmara, em entrevista à CNN Brasil.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade