Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Eleições 2020: retorno das aulas é prioridade para Felipe e Marília em Contagem

No segundo turno, os candidatos do DEM e do PT discutem propostas para a Educação, focando na capacitação de jovens para o mercado de trabalho


27/11/2020 14:40 - atualizado 27/11/2020 14:48

Candidatos afirmam que aulas presenciais precisam ser retomadas em 2021(foto: Geraldo Tadeu/Prefeitura Municipal de Contagem)
Candidatos afirmam que aulas presenciais precisam ser retomadas em 2021 (foto: Geraldo Tadeu/Prefeitura Municipal de Contagem)
Educação é sempre um tema debatido pelos candidatos a prefeito no segundo turno e, desta vez, ganhou ainda mais força por conta da pandemia causada pelo coronavírus. O embate entre pais, educadores, alunos e governantes sobre reabrir ou não as escolas tem permeado as campanhas em Contagem, única cidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte a ter segundo turno.

Para Felipe Saliba, do DEM, é preciso retomar as aulas, tomando as medidas necessárias para preservar a saúde de funcionários, professores e alunos.

“Assumiremos a prefeitura, caso eleitos, já com esse desafio de encarar a volta às aulas ainda com a pandemia. Para tal, já temos medidas pensadas, para que esse processo seja feito da forma mais segura possível. Respeitaremos as orientações conjuntas da Secretaria da Saúde e da Secretaria da Educação para orientar sobre o retorno às aulas com a devida segurança e sem expor os alunos, professores e funcionários a qualquer risco. Avaliaremos a necessidade de termos um retorno que mescle aulas presencias com aulas à distância. Adotaremos meios de reforço escolar para garantir o devido cumprimento das aulas pelos alunos e impedir atrasos educacionais de nossos jovens”. 

Marília Campos, do PT, também pretende garantir um retorno dos estudantes às escolas e garante que vai criar recriar o ambiente escolar, inserindo ainda mais os pais no contexto e nas atividades internas dos colégios. 

“Na Educação, a nossa principal preocupação é com a volta às aulas em condições seguras para os alunos e também para toda a comunidade escolar. Então, vamos emitir um protocolo de volta às aulas. Vamos recriar o espaço escolar, mantendo o diálogo permanente com a comunidade escolar que inclui pais e mães, servidores e educadores. Nós teremos, certamente, que investir em tecnologia, projetos pedagógicos e modernizar a gestão.  O recomeço terá de acontecer de forma segura para todos e todas”, diz Marília.

Além de possibilitar um retorno seguro às aulas, o candidato democrata quer expandir e modernizar as unidades da Fundação de Ensino de Contagem (Funec). O sistema de ensino profissionalizante que era privado, foi municipalizado no final da década de 1980 e, de nove unidades, passou para 21.

Atualmente, a cidade conta com 10 escolas e Felipe promete ampliar a oferta de cursos. “Vamos promover uma modernização na rede FUNEC e promover melhor aproveitamento das vagas. Serão, ainda, oferecidos novos cursos alinhados às profissões do futuro, com investimento na utilização de novas tecnologias para preparar os jovens para o futuro. Assim, além de educação, já investimos também no primeiro emprego para os jovens”, afirma Saliba.

Ele também quer implementar o Programa Escola 360º, que consiste em oferecer a educação integral em, no mínimo, 50% das escolas municipais da cidade, aumentando os turnos com atividades complementares culturais e esportivas, por meio oficinas e aulas de música, teatro, dança, audiovisual, modalidades esportivas e reforço escolar. As escolas também serão abertas aos finais de semana, contando com merenda escolar reforçada. O projeto contaria com parcerias público privadas, para oferecer atividades que potencializam o ensino e desenvolvimento, além de proporcionar segurança para os pais e responsáveis.  

Vagas 

A candidata petista pretende investir na ampliação de oferta de vagas na Educação Infantil (creche e pré-escola) da Rede Municipal de Ensino e da rede conveniada. Também quer promover acessibilidade às pessoas com deficiência, investindo na adequação arquitetônica de prédios e em recursos humanos e tecnológicos para propiciar o acesso e permanência, inclusive das unidades da Funec.

“Outra grande preocupação nossa é com a grande demanda pela escola pública e com a oferta de vagas da Educação Infantil. Teremos que ampliar o número de creches e atender a estas demandas do ensino fundamental. Vamos continuar com o Kit Escolar e a merenda escolar de qualidade, inovar programas como o Escola Aberta, Escola Integral, dentre outros, atendendo as necessidades da comunidade. Também teremos uma preocupação especial com os servidores da Rede Municipal de Educação e da Funec. Será preciso valorizar e respeitar os servidores, trabalhando em conjunto com eles para garantir uma Educação de qualidade para os contagenses”.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade