Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Conheça os 16 candidatos a prefeito de Contagem

Corrida rumo à sucessão de Alex de Freitas terá grande número de concorrentes; maioria das chapas é composta por apenas um partido


30/09/2020 14:22 - atualizado 30/09/2020 17:21

A partir do próximo ano, prefeitura contagense terá novo mandatário.(foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Contagem.)
A partir do próximo ano, prefeitura contagense terá novo mandatário. (foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Contagem.)
A corrida à Prefeitura de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, terá 16 concorrentes. O atual chefe do Executivo, Alex de Freitas (sem partido), não tentará a reeleição. A disputa vai contar com a participação de quatro mulheres e oito homens. Os deputados estaduais Professor Irineu (PSL) e Marília Campos (PT) estão entre os candidatos.

O Estado de Minas preparou um pequeno guia sobre cada uma das chapas (Veja ao fim desta matéria). Das 16 candidaturas, apenas cinco são fruto de alianças partidárias. Alvear Saraiva, do Cidadania, terá o apoio do PSDB. O Republicanos, de doutor Wellington Moreira, registrou chapa com PSC, Democracia Cristã (DC) e Solidariedade — partido que também consta na coligação oficializada por Felipe Saliba (DEM).

Saliba terá, também, apoios de Podemos, PSD, PP e Pros. A ex-prefeita Marília, por sua vez, conta, além dos petistas, com MDB, PCdoB e PSB. Unidos, ainda, PL e PRTB: eles firmaram acordo em prol do liberal Wellington Silveira.

Alfredo Cardoso (Patriota), Coronel Antônio Fiuza (PTC), Dulce Monte (PMB), Ivayr Soalheiro (PDT), Kaká Menezes (Rede), Márcio Bernardino (Novo), Maria Lúcia Guedes (PV), o pesselista Professor Irineu e Sebastião Pessoa (PCO) tentarão chegar à prefeitura com chapas ‘puro-sangue’, já que seus partidos não firmaram acordos com outras siglas.

O mesmo acontece com o Psol, da candidatura coletiva formada por Rosa de Oliveira e Stella Oliveira. Embora, oficialmente, a concorrente a prefeita seja Rosa, elas pretendem adotar um modelo de gestão compartilhada.

Parte considerável dos participantes do pleito contagense disputa, neste ano, a primeira eleição.

A eleição deste ano está agendada para 15 de novembro. Contagem está na lista de municípios mineiros aptos a um eventual segundo turno — marcado para duas semanas depois, em 29 do mesmo mês. A cidade conta com pouco mais de 314 mil eleitores.

 

Candidatos a prefeito de Contagem:

1. Alfredo Cardoso (Patriota)/vice: Maclaiten Bolsonaro (Patriota)

  • Empresário.
  • Em 2018, tentou ser deputado federal e acabou como suplente.
  • Ex-secretário municipal de Obras e Serviços Urbanos na gestão de Alex de Freitas.

2. Alvear Saraiva (Cidadania)/vice: Gê Nogueira (PSDB)

  • Coligação formada por Cidadania e PSDB.
  • Militar reformado.
  • Disputa sua primeira eleição.

3. Coronel Antônio Fiuza (PTC)/vice: Fernando Gordo (PTC)

  • Chapa ‘puro-sangue’.
  • Militar reformado.
  • Ex-secretário adjunto de Defesa Social na gestão de Alex de Freitas.

4. Doutor Wellington Moreira (Republicanos)/vice: Maria José Chiodi (Solidariedade)

  • Aliança entre Republicanos, Solidariedade (partido presente em duas chapas), PSC e DC.
  • Médico ortopedista.
  • Vereador.

5. Dulce Monte (PMB)/vice: Fernanda Jatobá (PMB)

  • Chapa ‘puro-sangue'.
  • Comerciante.
  • Disputa sua primeira eleição.

6. Felipe Saliba (DEM)/vice: Capitão Cláudio Fontes (Podemos)

  • Coligação composta por Democratas, Podemos, PSD, PP, Pros e Solidariedade (partido consta em duas chapas).
  • Advogado.
  • Disputa sua primeira eleição.

7. Ivayr Soalheiro (PDT)/vice: Amarildo de Oliveira (PDT)

  • Chapa ‘puro-sangue’.
  • Vereador desde 2008.

8. Kaká Menezes (Rede)/vice: Rogério Henrique (Rede)

  • Chapa puro-sangue. 
  • Músico.
  • Tentou chegar à prefeitura em 2016; candidato ao Senado Federal dois anos depois.

9. Lindomar Gomes (PMN)/vice: Ingrid Arcanjo (PMN)

  • Chapa puro-sangue.
  • Advogado.
  • Em 2018 e 2014, tentou se eleger deputado federal; acabou os dois pleitos como suplente.

10. Márcio Bernardino (Novo)/vice: Doutor Marcelo Pereira (Novo)

  • Chapa puro-sangue.
  • Colega de partido do governador Romeu Zema.
  • Administrador.
  • Disputa sua primeira eleição.

11. Maria Lúcia Guedes (PV)/vice: José Roberto Gabarzza (PV)

  • Chapa ‘puro-sangue’.
  • Aposentada.
  • Tentou se eleger vereadora em 2004, 2008 e 2016. Nas duas últimas eleições disputadas, terminou como suplente.

12. Marília Campos (PT)/vice: Doutor Ricardo Faria (PCdoB)

  • Coligação formada por PT, MDB, PCdoB e PSB.
  • Prefeita de Contagem entre 2004 e 2012.
  • Deputada estadual desde 2015.

13. Professor Irineu (PSL)/vice: Sargento Décio Silva (PSL)

  • Chapa ‘pura’.
  • Deputado estadual desde 2019; ex-vereador.

14. Rosa de Oliveira (Psol)/vice: Stella Oliveira (Psol)

  • Rosa e Stella se apresentam juntas, como uma candidatura ‘coletiva.’
  • A foto para urna é uma ‘colagem’ entre a imagem de ambas.
  • Rosa, a ‘cabeça' da chapa, é atriz

15) Sebastião Pessoa (PCO)/vice: Warlei de Assis (PCO)

  • Chapa ‘pura.’
  • Programador de computadores.
  • Em 2018, foi o candidato da Causa Operária ao posto de vice-governador; a chapa acabou impugnada.

16) Wellington Silveira (PL)/vice: Sargento Glaucon Matias (PRTB)

  • Coligação entre PL e PRTB.
  • Advogado.
  • Em 2016, concorreu à Câmara Municipal, mas não foi eleito.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade