Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Em entrevista, Maia diz que Doria pode ser um ótimo candidato a presidente


postado em 09/05/2019 20:26

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta quinta-feira, 9, em entrevista à Rádio Jovem Pan, que não acredita numa possível fusão entre o DEM e o PSDB. Ele levantou, entretanto, a possibilidade de sua sigla endossar uma candidatura presidencial do governador paulista João Doria (PSDB).

"Acho que o Doria pode ser um ótimo candidato a presidente, pode ser o candidato do DEM a presidente", disse. Embora não tenha falado diretamente sobre uma possível filiação de Doria ao DEM, Maia reforçou: "Eu vejo ele como um possível candidato como até do próprio DEM".

Ao falar sobre a possibilidade de fusão, Maia buscou retirar o DEM do papel de coadjuvante. "Não vejo o DEM querendo uma fusão, o DEM vai querer liderar o processo, agregando outros partidos. Não posso tratar o PSDB como um partido menor que o DEM, não sei se vamos conseguir esse encaminhamento em conjunto. Acho difícil que se construa numa fusão do DEM essa candidatura", emendou.

Questionado sobre seus próprios planos eleitorais, Maia disse não ter a ambição de ser candidato a prefeito ou governador do Rio de Janeiro. Disse pensar em concorrer ao Senado ou mesmo retornar ao setor privado. "Prefiro a política nacional à local", declarou.

Reforma tributária

Maia também comentou a perspectiva de o Congresso debater a reforma tributária. O presidente da Câmara afirmou que prefere só dar andamento a esse tema após o governo enviar sua própria proposta, a ser elaborada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. Ele ressaltou, entretanto, a possibilidade de serem agregados ao texto do governo parte das propostas que já tramitam na Casa.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade