Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Governo deve decidir líder do Senado na próxima semana, diz Alcolumbre


postado em 15/02/2019 12:59

O presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM-AP), disse nesta sexta-feira, 15, que o nome do novo líder do governo na Casa deve ser definido na próxima semana. O senador esteve reunido com o presidente Jair Bolsonaro por cerca de uma hora no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República.

"(Bolsonaro) Está avaliando vários nomes. Não perguntei (quais). Deve definir semana que vem", disse. O senador afirmou a jornalistas que destacou a Bolsonaro a importância de o governo definir com rapidez um líder, uma vez que o Congresso está em atividade e que as comissões da Casa já estão instaladas.

Questionado por jornalistas sobre a possibilidade de o senador Fernando Bezerra (MDB-PE) ser escolhido, Alcolumbre rebateu: "O senador Fernando Bezerra está sendo cogitado há algum período, assim como o senador Izalci (PSDB-DF), o próprio senador Roberto Rocha (PSDB-MA). Acho que isso é uma decisão do governo, que é quem tem que decidir isso aí".

Davi Alcolumbre também comentou que Bolsonaro voltará a despachar do Palácio do Planalto já na segunda-feira, dia 18.

Investigação

O presidente do Senado voltou a dizer que o corregedor, senador Roberto Rocha, "está tendo total liberdade de investigar e de apurar" a suposta fraude na votação da presidência da Casa, no dia 2, quando Alcolumbre foi eleito. "Logo mais vamos ter as informações da Corregedoria", disse.

O jornal O Estado de S. Paulo mostrou esta semana que a corregedoria do Senado pediu a ajuda do ministro da Justiça, Sergio Moro, para descobrir se houve fraude na eleição. Na ocasião, foram encontradas 82 cédulas na urna de votação, um a mais do que o número de senadores na Casa. Seis parlamentares estão sob suspeita.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade